segunda-feira, agosto 12, 2013

Barracas de Kris

Segunda feira de manhã, pegar na mota, ir a caminho do trabalho, sentimento estranho:

"O motor hoje está com um barulho esquisito"

Lá contínuo eu rua abaixo, eis senão quando graças ao vento o cabelo me bate na cara... espera... cabelo?

"OK.... saí de casa sem capacete." Toca de estacionar a mota e voltar para trás a pé para ir buscar o dito cujo.

Segunda feira...

PS: o desenho acima, foi uma imagem muito fofinha que o Sakana desenhou em 2009 que visava retratar eu e o meu capacete (novo na altura)