quarta-feira, março 27, 2013

Surpresa boa

Image and video hosting by TinyPic 

Já escrevi aqui que adoro ir a casamentos? Eu sei que sim, por isso vou tentar não voltar a repetir o mesmo.

Assim, só tenho a dizer que receber um convite quando não se está mesmo nada a contar é... AWESOME. 

Das primeiras coisas que perguntei foi:

"Há karaoke?"

Get ready, eu vou-me divertir imenso a cantar, mas ninguém vai gostar de me ouvir...

PS: Depois dos momentos iniciais da surpresa veio a parte fútil, "o drama, o horror, a tragédia, o que é que vou vestir? Faltam menos de dois meses..." (é o chamado "drama de gaja").

segunda-feira, março 25, 2013

Um dia aprendo a usar a máquina de costura...

Image and video hosting by TinyPic E hoje ficará para a história como:

O dia em que a Kris aprendeu a costurar com a máquina de costura. 

Ontem a Fappyco (objeto com mais de 20 anos adquirido pela minha mãe, mas que nunca tinha saído da caixa) viu a luz do dia, mas como eu nunca tinha mexido em tal coisa, nem sabia como se punha a funcionar, o que consegui foi fazer umas quantas linhas cheias de buracos, a agulha lá ia furando o tecido, a linha ficar lá é que nada. 

Mas hoje, hoje como diria a Té "foi todo um novo mundo".

Um dia... um dia faço um vestido para mim, hoje ainda não foi o dia.

segunda-feira, março 18, 2013

A morte social da Kris

Image and video hosting by TinyPic
 Hoje, segundo a Rádio Comercial, era dia de contar um momento embaraçoso, curiosamente ontem tinha estado a falar das minhas maiores vergonhas e de momentos embaraçosos. Por isso hoje deixo aqui o relato daquele episódio que foi apelidado como "A Morte Social da Kris".

O episódio passou-se numa festa de anos de um amigo meu, em casa dos pais deste, descrevendo o cenário posso dizer que a casa é daquelas que está super bem decorada e toda XPTO, ou seja, daqueles sítios onde a última coisa que queremos fazer é partir um prato.

O almoço/lanche era fondue e a certa altura, a boa da Kris lembra-se de abrir uma garrafa de ketchup, garrafa essa que ainda se encontrava por abrir, desenrosquei a tampa e puxo a proteção de plástico que se encontrava à volta do gargalo da garrafa e eis que nesse momento... puff fez-se o chocapic.

A garrafa "rebentou", não literalmente, mas houve explosão de ketchup por todo o lado, na minha cara, na roupa, corri para a casa de banho e agradeci o ketchup não ser picante enquanto lavava os olhos, quando volto à sala...estava a "tenda montada": havia ketchup na toalha, nos doces, enfim espalhado por toda a mesa e o pior... no teto.

Fartei-me de pedir desculpa, limpei o que pude, enfiei a cara no prato (pode-se dier que mesmo depois de limpar o ketchup da cara, continuei vermelha que nem um tomate), acabei de comer o que tinha e depois mudei-me para o sofá e não saí de lá a tarde toda.

Mas giro, giro, foi um mês depois aquando do meu aniversário, recebo um envelope laranja da Fnac e quando abro... tchanammmmm: lá estava A Garrafa de Ketchup (hoje ainda estou curiosa como conseguiram convencer a senhora da Fnac a embrulhar uma garrafa de ketchup).

Anos depois, quando me vê o Subtil ainda me diz "ainda há ketchup no teto" e eu volto a ficar corada como se tivesse sido ontem...

E assim foi o episódio mais embaraçoso da minha vida (pelo menos quando costumo dar barracas só eu e uma ou duas pessoas é que assistem).

segunda-feira, março 11, 2013

A tecnologia

Image and video hosting by TinyPic

Última coisa que esperava ouvir numa loja da Nike, o rapaz da loja vai ter comigo e diz:

- Se precisar de ajuda, posso lhe explicar a tecnologia.

Não sei que cara fiz que ele acrescentou imediatamente:

- ... das sapatilhas.

Sim, sim, claro, qual tamanho, qual quê, estou mesmo indecisa entre as que têm 3G ou só wi-fi. Acha que 32 Gb é pouco? E que tal o processador, como é que se comporta? E já agora a bateria dura para quanto tempo?

OK, que adoro sapatilhas (e saltos altos) mas daí a inteirar-me sobre a tecnologia das mesmas, ainda vai um bocadinho...

domingo, março 10, 2013

Conclusão do dia

Ler no tablet enquanto espero que o verniz seque, é 100x melhor que ler um livro em papel enquanto espero pelo mesmo acontecimento.

Tablet 1- papel 0

terça-feira, março 05, 2013

A prova que estou gorda

Um dia "quebro uma mola" do trampolim numa aula de Power Jump, hoje foi o dia.