segunda-feira, fevereiro 25, 2013

Óscares 2013

Ontem foi noite de óscares, hoje foi dia de férias e ver os momentos que perdi enquanto dormitava entre prémios.

Começando pelo pré-óscares... Geralmente as maratonas de filmes para Óscares trazem sempre um filme que não iria ver se não fosse a maratona. Este ano não foi exceção e o filme foi Moonrise Kingdom. O filme conta a história de dois miúdos que decidem fugir, mas quando se lê esta frase, e se imagina um cenário para a frase... think again. É um filme diferente, divertido, fotografia fantástica e ver o Edward Norton de calções dá sempre para rir. Infelizmente o filme não foi algo que me deixasse boquiaberta, mas acho que o ano passado o cinema foi fraco e as nomeações para os óscares só vieram comprovar isso.

Image and video hosting by TinyPicO melhor de tudo mesmo, foi a cerimónia, decorriam os primeiros minutos e eu já estava a adorar Seth Macfarlane, depois de ter visto Hugh Jackham a cantar e a dançar há uns anos atrás, acho que mais nenhum apresentador encheu as medidas, até este ano, teve piada, tem chame e canta muitíssimo bem (só ficaram a faltar aquelas cenas que geralmente costumam fazer que são recriações das cenas dos filmes mas com o apresentador a dizer piadas, ou então eu adormeci e não dei por isso, mas também não dei pela falta disso).

Os melhores discursos para mim são sempre dos argumentistas, no fim de contas os outros são atores mas eles é que têm o dom da palavra, right? Mas Ang Lee e Daniel Day Lewis também não ficaram atrás. Infelizmente não houve nenhum que fizesse puxar pela lágrima para juntar à lista dos meus discursos preferidos.

Image and video hosting by TinyPicO óscar de melhor filme, para mim foi mesmo para o melhor filme, Argo, e fiquei com vontade de o voltar a ver, juntamente com Les Misérables.

Falando da parte fútil da cerimónia, mas que para mim é das melhores, a red carpet, para mim Zoe Saldana dominou a questão com um vestido de Alexis Mabille (eu quero um igual para vestir em setembro quando for dama de honor!!!!)

E para o ano há mais :)

PS: Ainda bem que que o Daniel Day Lewis só faz filmes de três em três anos, senão mais ninguém tinha hipótese de ganhar nada.


0 comentários: