domingo, novembro 18, 2012

Don Pasquale

Image and video hosting by TinyPic

E se a crise se notava na revista, não se notava mesmo nada na ópera, onde os lugares mais caros estavam repletos (eu via-os ao longe, mas serviu perfeitamente bem), e se por um lado na ópera há turistas e nas revistas não porque é cantada em italiano, por outro lado não havia falta de tugas na sala.

Nunca tinha assistido a uma ópera no São Carlos, a sala em si, não fica aquém de outras onde já estive, pena é os bancos dos camarotes não serem muito confortáveis (presumo que os lugares caros que estavam repletos não fizessem doer as costas).

Don Pasquale é uma ópera bufa em três atos, novamente não tinha assistido a uma ópera cómica, a história gira em torno de Don Pasquale, um velho rico que não deixa o seu sobrinho e herdeiro casar com a mulher que ama, devido ao facto de ser de nascimento baixo, e que acaba por vir a casar com esta, estando ela disfarçada para lhe dar uma lição. No final, como quase sempre, tudo termina bem.

Foi um ótimo espetáculo, vozes, som, música e foram três horas muito bem passadas (e a desculpa perfeita para eu usar um dos vestidos pretos que tanto gosto), mas o melhor de ver uma coisa destas em Portugal é ter as legendas em português e poder perceber o que está realmente a ser cantado, adorei a experiência, pena, pena é os bilhetes serem tão caros (lá estou eu novamente a queixar-me do mesmo).

0 comentários: