segunda-feira, agosto 29, 2011

Eu já adormeci numa casa de fados

Devia fazer uma lista dos sítios onde já adormeci. Esta semana tive uma nova entrada para a lista:

- Eu já adormeci numa casa de fados.

Shame on me. Mas ter de estar num sitio onde não posso falar, isto incomoda-me. O sono começou a chegar e não resisti, encostei a cabeça à parede (que estava cheia de pedras salientes e o equilíbrio não foi tarefa fácil) e dormitei durante uns 10 minutos talvez (o suficiente para a malta me vir tirar fotos).

A parte engraçada foi no dia seguinte ter ido toda envergonhada ter com a aniversariante e pedir-lhe desculpa e ela responde:

- "Quem me dera... adormecer assim... com barulho"

Always look into the bright side of life :)

sábado, agosto 27, 2011

The Rise of the Planet of the Apes




Dadas das últimas seis idas ao cinema, sei que esta notícia pode parecer um choque, mas ainda é possível eu ir ao cinema e não adormecer. The Rise of the Planet of the Apes é a prova.

Adorei o filme, não faz o meu género, comovi-me quando o Cesar falou, gostei do James Franco, voltei a lembrar-me da pergunta "que raio te aconteceu na noite dos Óscares?????", a Freida Pinto só lá está para ser a gaja gira, o John Lithgow é um senhor,

Foi uma boa surpresa. Recomendo.

Pernas Fantásticas



Hoje estava no ginásio e ao meu lado na aula estava uma rapariga com umas pernas de fazer inveja a muita gente:

- bronzeadas
- musculadas q.b.
- com um bocadinho de celulite só para mostrar que é uma comum mortal
- joelhos bonitos
- tíbias direitas
- nem uma única cicatriz.

e depois penso nas minhas:
- branquinhas
- musculadas
- celulite (também sou mortal né?)
- joelhos tortos
- tíbias tortas à jogador de futebol (certo dia chegaram-me a perguntar se fazia equitação...)
- cicatrizes de quedas de mota, bicicleta, corrida etc
- ainda sem varizes, mas há-de chegar o dia, runs in the family :(

E penso nas minhas cicatrizes, fazem parte de quem eu sou, relembram-me os erros, os descuidos, sei que não são elegantes quando ando de saia, but at the end of the day... I don't give a fuck about that.

Não mudava nadinha, mas não deixo de apreciar a beleza quando ela existe e tenho pena que há tanta gente com pernas bonitas a esconde-las debaixo de calças, humf.

quinta-feira, agosto 25, 2011

Coisas que enervam



Pior do que estar num jantar onde todos os casais passam o tempo a falar dos filhos, é começar toda a gente a falar dos cães e dos gatos. Pelo menos a parte do orgulho dos pais eu compreendia... o que vale é que uma pessoa aos amigos "perdoa" isto, já aqueles que são só colegas é que nem tanto... humf.

segunda-feira, agosto 22, 2011

Frase do dia #20



segunda-feira, agosto 15, 2011

Harry Potter and the Deathly Hallows part 2 VS Captain America


VS

Resumo das duas últimas idas ao cinema:

Harry Potter:

- consegui estar acordada durante os últimos 10 minutos;
- do que vi gostei;
- quero voltar a ver novamente;
- ainda bem que a saga acabou.

Captain America:
- consegui adormecer nos últimos 10 minutos;
- do que vi, errrrrrrrrrrrrr, argumento fraquinho, fraquinho, com o Mr. Smith a fazer de Caveira Vermelha, acho que se podia ter arranjado qualquer coisinha melhor... não havia necessidade...
- não quero voltar a ver;
- filme valeu pela cena depois dos créditos;
- fiquei super curiosa de ver os The Avengers.


domingo, agosto 14, 2011

O vestido de cai cai



Vai uma pessoa trabalhar com este vestidinho da Blanco (mas sem a clutch ok?), nada de especial, entra na sala e diz um colega:

"Vais para algum casamento?"

Passadas umas semanas volto a vestir o dito cujo, entro na sala de um colega meu e ele vira-se e diz:

"Vais a algum casamento hoje?"

Raios, uma mulher não pode ir trabalhar com um vestido de cai cai, que até é branco e azul, não, não vou a um casamento "e quando for vocês sabem que vou", é o que vou dizer ao próximo.

Empresas de homens... é o que dá... depois nós raparigas que gostamos de usar vestidos somos umas incompreendidas, snif snif.

O livro diferente



Porque há livros que não são convencionais, porque há livros diferentes, porque há livros que numa página nos fazem rir, na outra nos deixam tristes e na seguinte nos fazem rir de novo, porque há livros que se lêem em trinta minutos, porque há livros que são fantásticos antes de lermos a primeira página... só porque se lembraram de nós.

:)

sábado, agosto 13, 2011

Imagem do dia - parte 2



Há quem olhe para a imagem e pense:
- a duquesa de Cambridge vai às compras ao super mercado;
- a duquesa de Cambridge vai ao super mercado com roupa da loja xpto;
- a duquesa de Cambridge usa sabrinas.

Eu penso:
- Estou aqui em Mordor e a tipa vestida desta maneira como se fosse Inverno, ela vive a onde? Na Islândia?

Imagem do dia

Ontem vi isto:



Hoje enquanto almoçava, criei a versão Kris da coisa:




terça-feira, agosto 09, 2011

A banda da adolescência



Falava-se de The Watchmen, lembrei-me da música do trailer "The End is the Beggining is the End" dos The Smashing Pumpkins, curiosamente a música fazia parte da OST desse "grandioso" filme chamado "Batman and Robin" (haverá alguma vez pior filme do meu super herói preferido?), vai na volta lembro-me vou ao Youtube e toca de ouvi um mix dos Smashing... fiquei arrepiada... ainda me lembro das letras, passou-se mais de uma década sem os ouvir e a música-me continua a fazer-me vibrar como se eu tivesse 15 anos. Raios Billy Corgan como é que eu nunca te fui ver atuar ao vivo?

Grrrrrrrrrrrrrrrrrr.

quarta-feira, agosto 03, 2011

Mega Barracas



Vai uma pessoa almoçar com os ex-coleguinhas, toca de cumprimentar toda a gente com dois beijinhos até que chega o novo colega indiano e faço o mesmo... fica super direito sem se mexer, sem reação e diz:

- I'm not used to do this

Eu coro até à raiz dos cabelos, lembro-me das aulas de Espanhol e lá me consigo sair com um:

"We, latin people, do this..."

É um buraquinho para eu me enfiar sff. Mas como só isso não bastava, nada como revelar dar uma novidade boa sobre outra pessoa, i. é, "um segredo", à frente de toda a gente que ainda não sabe, aqui além de me sentir a corar, ainda enfiei a cara no prato e só não me escondi debaixo da mesa porque parecia mal.

Da próxima quando não for para eu contar algo, por favor, não só não me digam, mas também me impeçam de descobrir.

Obrigada.

A gerência agradece