quarta-feira, março 31, 2010

Frase do Dia - #4




"Um copo a meio da semana sabe sempre bem! Até dá a ilusão que já é fim-de-semana" by Té.

Subscrevo. Tornou-se hábito sair às Sextas e aos Sábados e já me tinha esquecido aqueles momentos em que podemos só ir arejar as ideias a meio da semana, só "porque sim".

Baba do dia - take 34



Hoje a "Baba do Dia" é dedicada aos meus colegas, cujo passatempo favorito quando vamos almoçar é contar o número de cartazes da Intimissimi espalhados pela cidade.

Senhores da Intimissimi: o meu muito obrigada por lhes alegrarem o dia, pois não é nada agradável ouvir coisas como "tenho de ir ao ginásio porque a única rapariga que vi o dia todo foi a Kris". Mas já agora, eu que sou cliente da casa confesso que não tinha reparado nos cartazes até eles comentarem, por acaso não querem substituir os mupis por uns com modelos masculinos? É que assim alegravam a hora de almoço de 90% dos clientes da marca :D

segunda-feira, março 29, 2010

Bisbilhotices



A minha mãe sempre olhou para a minha sobrinha mais velha e disse "Tia Kris!" (no mau sentido, referindo-se à personalidade da miúda), mas agora fiquei mesmo orgulhosa. Parece que a educadora esteve a falar da Páscoa, de Jesus e que do céu via quem eram os meninos que se comportavam bem ou mal. E não é que ela esteve muito atenta e no final diz: "Olha o Jesus é um grande bisbilhoteiro".

Grande B.! És cá mais minhas. Cresces mais um bocadinho e vou contigo ao futebol mostrar quem é o Jesus (o treinador do Benfica claro!)

PS: depois ainda te levo às compras ao Colombo, isto quando já quando fores um bocadinho maior e preferires roupa aos brinquedos.

quinta-feira, março 25, 2010

Há dias de sorte



P: O que é melhor do que concorrer e ganhar?

R: Ganhar sem saber que se tinha concorrido.

Eu que me queixo que nunca ganho nada, que não tenho sorte nenhuma e que é por isso que não jogo no EuroMilhões (antigamente ainda ganhava bilhetes para as ante-estreias, mas agora nem isso), não é que hoje chego a casa e tenho uma carta do banco a dizer que por ter usado o cartão tinha concorrido para ganhar bilhetes e que tinha sido uma das premiadas?

Tinha lido algo a fazer publicidade, mas como não queria ir não prestei atenção. Isto sim é que foi sorte. Nunca pensei dizer isto mas:

Obrigada BCP!

quarta-feira, março 24, 2010

Body Combat mix 43



E se esta continua a ser a minha música preferida de sempre de Body Combat, com este novo mix surge a segunda música preferida, ao ritmo da banda sonora dos Piratas das Caraíbas, só isto já torna o mix bastante "interessante".

O aquecimento inicial não é dos meus preferidos, mas felizmente é curto e passa rápido, a segunda faixa com o som de "Love Drunk", é das minhas preferidas. Confesso que não conhecia a banda mas fiquei fã da música e se há coisa que adoro é quando numa nova coreografia conheço novas bandas com cujo estilo me identifico.

A terceira faixa para mim é uma das mais difíceis deste novo mix e responsável pelas dores musculares no dia seguinte, graças ao speedball, que infelizmente parece que nunca mais acaba, mas a combinação final está bastante porreira.

"The shoot" é o novo movimento introduzido na quarta faixa, a combinação acaba por se tornar engraçada com a música (o que acaba por a tornar mais fácil). A quantidade e velocidade de back kicks trabalham bastante os glúteos e pedem descanso nas faixa seguinte. Mas como com esta release terminam as faixas de descanso, por isso na faixa 5 não dá para relaxar. Foi a faixa que menos gostei, basicamente consiste em muita corrida e quando decidem retirá-la de uma aula, a mim não me faz diferença nenhuma.

O pico da aula chega com a banda sonora dos Piratas das Caraíbas na sexta faixa e tenho a dizer que está: BRUTAL! Adorei! Só é pena que a combinação inicial dure tão pouco tempo. A minha segunda faixa preferida de todas as releases que já fiz. A-W-E-S-O-M-E. E mais não digo.

Depois do pico na música anterior a faixa de muay-thai acaba por ser "fraquinha" (sei que era dificil manter a qualidade e que depois de uma faixa tão intensa não poderia surgir outra) não gostei da música, mas sempre dá para descansar da faixa anterior.

Música 8: último pico da aula. A primeira vez que fiz esta release não achei muita piada a esta faixa, mas nas aulas seguintes comecei a apreciar a combinação e como a música é bastante poderosa sempre nos distrai do esforço que estávamos a fazer, o único contra é que a faixa é um pouco longa e pelo meio contém 128 jabs seguidos que não são nada fáceis de executar.

"It's a bird. It's a plane. No, it's Superman!" novo movimento: superman, combinação de flexões que não é nada fácil. Não costumo colocar os joelhos no chão nas flexões mas nesta faixa confesso que só consigo aguentar isso nas primeiras, depois acabo por ceder à pressão. Mas hei-de conseguir fazer a faixa toda até ao fim com os joelhos levantados. Felizmente a faixa é curta e os abdominais rápidos.

No relaxamento chega o "descanso do guerreiro". No Sábado passado tive privilégio de fazer aula de Combat na rua e nesta parte final já era de noite e fazer um relaxamento a contar as estrelas no céu foi uma experiência fantástica.

Em suma, gostei do mix, não é dos meus preferidos, apesar de ter gostado de algumas músicas, há muito tempo que não fazia um mix que tinha uma faixa tão fixe como a faixa 6. Não é daqueles releases que a quantidade de água na garrafa parece pouco e que uma pessoa fica cheia de sede, mas é daqueles em que se acorda no dia seguinte a pensar no que nos terá acontecido.

O que dói no dia seguinte? Ombros e glúteos.

E vocês o que acharam deste novo mix?

Músicas do Boby Combat 43

1a. Freedom (Sunset Project Mix) – Beatbreaker
1b. Starstrukk – 3OH!3
02. Love Drunk – Boys Like Girls
03. Send Me An Angel (Weaver Remix) – Slinkee Minx
04. Fight For Your Right (DJ Anady vs Sander Remix) – Boogie Bros
05. Without A Fight – Mindwarp
06. Black Pearl (Dave Darrell Radio Edit) – Scotty
07. Kick Start My Heart – The Snake
08. Overload – VooDoo & Sereno
09. Do It Again – Cassie Davies
10. Sounds Of Freedom – Within Temptation

terça-feira, março 23, 2010

Os conselhos da Mãe - Take 5



E já agora, não vão para a discoteca com uns sapatos de salto alto de 12 cm, não só não dá para dançar, como o cansaço chega muito mais depressa.

sábado, março 20, 2010

Faz hoje um ano...

... que voltava de África do Sul.

Foram quase 3 semanas sozinha num país distante, adorei a viagem, aprendi imenso, cresci mais um bocadinho, hoje olho para trás não me arrependo nada, só fiquei triste pelo outro lado de África que fiquei a "conhecer" :(

Na TODO List ficou visitar Cape Town e quiçá assistir a um pôr-do-sol destes em pleno Kruger Park:

Pequenas coisas que nos deixam felizes



Há Sextas-feiras fantásticas:
- Acordar de manhã, ligar o PC, ver o mail e descobrir que se receberam juros de um investimento qualquer (a essa hora não é importante de onde é que veio)
- Chegar ao trabalho e ser brindada com queijadas de Tentúgal que o Rafael trouxe quando passou de manhã na Pousadinha
- Receber um telefonema do consultório onde se vai ter consulta 30 minutos depois, a perguntar se podemos ir antes (como o normal é uma pessoa ter de esperar 1h para ser atendido, nestes raros momentos tem que se aproveitar rapidamente a oportunidade)
- Receber outro telefona com uma notícia daquelas que nos põe com um sorriso de orelha-a -orelha
- conseguir comprar uma prenda para o Pai em 2 minutos e o senhor da loja ainda nos ir abrir a porta e levar o saco
- Todos os dias são dias do Pai, mas o Pai estar em Coimbra e poder ir jantar com os papás é sempre bom

E a cereja no topo do bolo, chegou um Tom Collins no Garden.

Isto sim foi uma Sexta-Feira em grande! E agora sao 1h46 e estou podre de sono (pormenores...)

PS: sim, sei que é geek acordar de manhã e ir logo ler o mail.

sexta-feira, março 19, 2010

"Pareces uma Turista"

"Pareces uma Turista"

Foi o que ouvi, hoje à hora de almoço quando fui almoçar com os colegas às docas e saco do telemóvel para tirar fotos, pois, se eu não gostar da minha cidade quem gostará? Adoro viver em Coimbra, infelizmente não vivo tanto a cidade como gostaria e infelizmente a maior parte dos dias uma pessoa sai de casa para trabalhar, regressa de noite e pouco vê a cidade durante o dia.

Assim, quando hoje fomos almoçar às docas com um sol fantástico, saquei da máquina, admirei a paisagem e é por isto que gosto de viver em Coimbra:



PS: mas os coleguinhas são bem queridos, hoje até perguntaram se levava um casaco novo e tudo, qualquer dia já nem sinto falta de ter girls talk (coisa que durante muitos anos até me tinha esquecido o que era).

Baba do dia - take 33

E hoje de manhã abro o Twitter e deparo com isto:

"Random Justin Hartley photo for Justin fans. :) "




Para quem não conhece o menino, ele faz de Green Arrow no Smallville (daqueles super heróis com o Batman que tenta salvar o mundo só com gadgets, já que não tem super poderes).

É sempre bom começar assim o dia :)

quarta-feira, março 17, 2010

O terceiro aniversário do Phive



Sábado, pela primeira vez, fui a um jantar do Phive. Desde que o ginásio abriu que ando lá e que passava o tempo a dizer para mim própria que ia ao próximo: Sábado foi esse dia. Não sou daquelas pessoas que passa muito tempo no ginásio, vou fazer as aulas e saio, por isso acabo por não conhecer muita gente, mas lá me enchi de coragem (e com o incentivo da Délinha e da Té) inscrevi-me e ainda fui comprar uma peça de roupa branca para cumprir o dress code (white).

O lugar do jantar era surpresa, havia autocarros para nos transportar, mas como já sabia que era num hotel e fora de Coimbra as hipóteses não eram muitas, assim quando atravessámos a Ponte Rainha Santa se tivesse de apostar, apostaria no Mélia Palácio da Lousã e... acertava.

O hotel tem um aspecto tão fantástico como nas fotos que já tinha visto. Apesar de a minha mãe ter dado aulas na Lousã há mais de 30 anos, e continuar sempre a falar bem da vila, nunca me lembro de lá ter ido (shame on me) mas definitivamente tem de ir para a TODO list dos sítios a visitar.

O jantar foi fantástico, a companhia melhor ainda, deu para conhecer pessoas novas (engraçado como à medida que se vai crescendo a primeira pergunta que surge quando se conhece alguém é o local de trabalho), houve banda brasileira, caipirinhas, um souflé de chocolate delicioso que um dia destes vou tentar imitar, prémios para os mais assíduos e companhia (eu cá não ganhei nada), entre muitas outras coisas.

E fotos? Pois... Quando saí de casa, apercebi-me que não tinha máquina, volto para trás a buscá-la e quando durante o jantar a tiro para sacar umas fotos... apercebo-me que não tinha bateria. Fiquei fula.

A repetir!


PS: E agora tenho umas calças brancas no armário a destoar perante toda a roupa escura que estou para ver se as voltarei a usar.

foto daqui

Quote of the day

terça-feira, março 16, 2010

Pergunta do dia



As revistas de viagens foram feitas para as carteiras mais recheadas ou para fazer sonhar as outras pessoas?

Sexta-feira à tarde estava num consultório à espera de ser chamada e em vez das habituais revistas da imprensa cor-de-rosa havia revistas de viagens (ainda bem). Estava eu a folhear a revista quando me deparo com este parágrafo...

"Ir a Campo de Ourique e não provar uma fatia de O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo na pastelaria com o mesmo nome é daquelas falhas imperdoáveis. A próxima vez que for a São Paulo Já não tem desculpa para não conhecer a nova loja da marca..."

Quando comecei a ler ainda pensei que pudesse ser num sítio qualquer em Lisboa (e já ia marcar na TODO list, estamos a falar de uma revista portuguesa) mas não, "da próxima vez que for a São Paulo"? Como se ficasse ali ao virar da esquina. Acredito que o bolo seja muito bom e tenho curiosidade de o provar "se for a São Paulo", "se planear ir a São Paulo", não "da próxima vez que lá for" como se ficasse já ali a seguir à Figueira da Foz.

Posto isto, qual é o alvo deste tipo de revistas? Eu que adoro viajar nunca comprei nenhuma, mas pronto eu gosto de destinos a curta distância em voos de low cost. Será que foram feitas para as carteiras mais recheadas ou só mesmo para fazerem os leitores sonharem e se roerem de inveja de quem escreve os artigos?

UPDATE: afinal descobri agora que há mesmo uma loja em Lisboa da tal casa. Já alguém provou o bolo? É mesmo o melhor do mundo?

domingo, março 14, 2010

Fim-de-semana em Bejar

Com uma semana de atraso fica o relato da viagem a Bèjar.

-Quinta-feira à noite:

Chegar, jantar, ir até ao bar onde tínhamos ido em Janeiro (aposto que o dono ficou todo contente quando viu 40 gajos a entrar no bar àquela hora), pela primeira vez joguei à Sueca com um baralho Espanhol, não sabia da existência de tal tipo de cartas, é composto por 48 cartas, com números de 1 a 12, correspondendo o 10, 11 e 12, à dama, valete, rei. Os naipes são Ouros (representados por uma moeda de ouro), Espadas (cujo símbolo são mesmo espadas), Copas (representadas por taças) e Bastões (os paus são substituídos por mocas usadas pelo homem das cavernas):



- Sexta-feira:


Dia de Ski... nevou! Pela segunda vez na minha vida vi nevar (a primeira tinha sido em Viena em 2008) e nevar & esquiar até é engraçado, só é pena é que para além da neve, estava muito nevoeiro, o que torna difícil conseguirmos ver a mais de 2m de distância. Felizmente tinha comprado uma máscara e tenho a dizer que são muito melhor do que os óculos, protegem do frio, não embaciam e vê-se muito melhor no nevoeiro.

Escusado será dizer que agora é que não se via mesmo um cm de pele de Kris:



Pronto vá no inicio da manhã enquanto andava nas pistas verdes com uma colega que nunca tinha experimentado, lá deu para tirar uma foto onde, de facto, se via eu a sorrir:



A neve estava fofinha e consegui andar o dia todo sem dar nenhum tralho. À noite foi altura de trocar o torneio de Poker pelo bar da noite anterior, onde havia um concerto, mas depois de um dia de ski, antes da 1h estava a xonar.

- Sábado:

Nevou novamente, e tanto que por duas vezes enterrei os skis na neve e caí, quando olho para baixo tinha neve quase até aos joelhos e não conseguia ver os skis. Felizmente não havia tanta gente como em Janeiro e podia-se andar à vontade sem esperar muito tempo nas filas para as tele cadeiras.







No fim do dia foi altura de tirar a última foto e "arrumar as botas":



Time to go home:



A noite que se seguiu, foi fantástica e nunca pensei que me fosse divertir tanto com os meus colegas de trabalho, que ainda me obrigaram a ir para a discoteca dançar às 5h da manhã, eu que não sei mexer os pés, guardado na memória fica a dança do "lavar a roupa, mexe a roupa, apanha as maças, pisa as uvas, joga ping pong, corta o fiambre", e depois de ter visto tal acontecimento pensei que afinal não danço assim tão mal. Só foi pena não ter feito um vídeo, mas pronto "what happens in Bejar, stays in Bejar".

E depois?Depois foi dormir 4h, acordar, fazer as malas e apanhar o autocarro de volta para a Coimbra e dormir até chegar ao destino.


quarta-feira, março 10, 2010

E como foi Noite dos Óscares?

Depois de um fim-de-semana de ski, de ir ao cinema e adormecer, também acabei por adormecer a ver a noite dos óscares, lá fui acordando de vez em quando e consegui ver a recta final dos óscares mais importantes.

Prometiam uma noite diferente, para mim foi diferente... para pior. Gostei da introdução, gostei do modo como foram apresentadas as bandas sonoras (se há coisa que gosto é de uma boa banda sonora e para variar alguns dos meus compositores preferidos estavam nomeados). Dos discursos, gostei de Sandra Bullock, mas nada que puxasse pela lágrima como o discurso de Penelope Cruz ou de Dustin Lance Black em 2009, gostei de ver uma mulher a ganhar o óscar de melhor realizador.

Mas dois apresentadores para quê? No meio de tanta gente acho que os perdi e quanto ao filme que ganhou, fiquei zangada por não o ter visto, mas duvido que para mim supere Inglourious Basterds, na minha opinião este foi o melhor filme de 2009.

Enfim, acho que a cerimónia em si, foi como a cor da maioria dos vestidos: cinzentazinha...

Giro, giro é a foto que resume tudo, Kathryn Bigelow e James Cameron:


segunda-feira, março 08, 2010

A Noite dos Óscares

Há algum tempo que deixei de ver TV e só há duas coisas que me fazem ligar a televisão: futebol e a noite dos Óscares, hoje é dia da segunda :)

Prometem que vai se uma cerimónia diferente das anteriores, a ver vamos, não consegui ver os filmes todos que tinha programado, ficaram-me a faltar 9, a cerimónia está a começar, amanhã é dia de férias, vamos ser se me consigo aguentar mais tempo do que nos outros anos.

Neil Patrick Harris já está a cantar, espero um dia vê-lo a apresentar a cerimónia.

Alice in Wonderland




Depois de um fim-de-semana de ski, e de ter dormido 4h na noite passada lá me enchi de coragem e fui ver o filme que mais aguardava de 2010: Alice in Wonderland. Desde que vi as primeiras fotos promocionais em Junho do ano passado que fiquei curiosa com o filme, adorei a caracterização das personagens (outra coisa não se poderia esperar de Tim Burton) e os cenários e o facto de saber que o filme seria a 3D ainda ajudou mais.

Infelizmente acho que elevei demasiado a fasquia, não se se era de estar mesmo muito cansada (apesar de ter bebido um coca cola ao jantar, algo que me faz ficar sem sono durante 5h) acabei por adormecer na primeira parte do filme, está se a tornar um hábito eu sei, adorei a interpretação de Johnny Depp, Helena Bonham Carter e até Anne Hathaway me surpreendeu, mas na minha opinião falhou no argumento, não sei se seria história para um filme inteiro e desde Avatar que a fasquia foi aumentada para os filmes a 3D e neste acabei por não notar muito a diferença.

The scene: quando Mad Hatter começa a dançar, era a última coisa que esperava naquele momento e Johnny Depp fez rir :D
Nota que dei no IMDB: 6/10

segunda-feira, março 01, 2010

Hoje ainda não foi o dia...

Falava-se de como conseguir fazer uma cheesecake bem riginha "um dia havemos de conseguir" disse a Té, pois, hoje ainda não foi o dia.

Alguém sabe qual é o truque para ficar assim com este aspecto? E de preferência que não envolva ir ao forno.



Aceitam-se sugestões, é que 5 folhas de gelatinas não foram suficientes, humf.

Shutter Island



"Ou isto leva uma reviravolta ou não estou a perceber porque está no top 250 do IMDB".

Isto foi o que disse no intervalo do filme. E levou. E Ben Kingsley faz um grande papel, e DiCaprio para mim não faz o papel da vida dele (para mim continua a ser em Blood Diamond) mas também tem um grande papel. E a banda sonora é excelente.

Mas não gostei assim tanto do filme, tendo em conta a reviravolta gosto mais de outros do mesmo género (não vou dizer por causa dos spoilers).

Há uns tempos li num blog, não me lembro qual, que o autor classificava os filmes quando ia a descer as escadas do cinema e pensava se os voltava a ver. Voltava a ver Shutter Island? Não. Provavelmente algumas coisas fariam sentido, outras não teriam piada, mas no fundo seria como ver o Sexto Sentido uma segunda vez.

Nota que dei no IMDB: 7/10

Next stop: Alice no País das Maravilhas :)