sexta-feira, novembro 27, 2009

Amanhã é dia de...


no Phive. Depois conto como foi, desta vez não cusquei as novas músicas, vai ser surpresa.

Bom fim-de-semana e para quem estiver de férias ou de mini-férias (aqui como a Kris) boas férias! Neve é coisa que não há mas a Serra está sempre boa para o BTT (sugestão do Gonças).

Eu cá espero ter tempo para dar um salto a Badajoz e montar finalmente a árvore de Natal.

quinta-feira, novembro 26, 2009

Home Sweet Home


Coimbra-b 21h39, saio do comboio, o vento gelado obriga-me a fechar o casaco, "agora sim percebo porque o Hugo dizia que estava frio em Coimbra".

Já me tinha esquecido o que era o frio, ainda nem tinha tirado os casacos de Inverno do armário, não há neve na Serra quando era suposto a estância abrir este Sábado, mas finalmente parece que o frio já se faz sentir.

21h42 - o Huguinho está a ter formação, apanho um táxi para casa e para sorte minha apanho um táxista simpático (que chamou burros aos de lisboa que insultam pessoas que os "obrigam" a levar passageiros do aeroporto à da estação do Oriente) "porque o que compensa o taxista-patrão é um serviço curto, ganha-se dinheiro sem gastar praticamente combustível" lá diz ele todo contente, deixa-me à porta de casa e ainda me dá um cartãozinho se algum dia precisar de um táxi "nas noites da queima" (rio-me para mim e penso "se dissesse que tinha 21 anos acho que este senhor acreditava").

21h55 - dirijo-meà caixa do correio e tenho uma surpresa boa: nem 10g de publicidade!

21h58 - coloco a chave na porta e penso:

"Home Sweet Home"

PS: regressar a casa um dia antes do previsto ainda sabe melhor :)

quarta-feira, novembro 25, 2009

Baba do dia - take 28


Não fazem um casal lindíssimo?

Chuva, botas e outras aventuras


Hoje decidi tirar a noite para mim, para jantar comigo e para ir às compras comigo (embora esta ultima parte tenha sido mais por necessidade), mas como também já tinha saudades de escrever, aqui ficam as aventuras dos últimos dias.

Sexta-feira (o regresso a Coimbra) - descubro que está algo a prender as rodas do bat mobile e que não consigo tirá-lo da garagem, juntando ao facto que estou sem bateria na mota, fico um fim-de-semana sem transporte.

Domingo - chamo os senhores do ACP para analisarem o bat mobile: 2 calços descolaram-se e lá foi ele rebocado para a oficina (acho que se zangou de ficar uns dias na garagem sozinho)

Segunda-feira (o regresso a Lisboa):

- Fim do dia de trabalho, a caminho do hotel, concluo que andar de saltos altos, com o portátil, a carteira e a bagagem na calçada cheia de buracos do Parque das Nações, não é mesmo nada prático, melhor comprar uns sapatinhos rasos (eu que só tenho dois tipos de calçado: sapatilhas e saltos de 10 cm);

- à noite decido ir percorrer quase todas as lojas do Vasco da Gama e consigo não encontrar nada de jeito (OK, encontrei mas eram sapatos com 3 dígitos);

- vou jantar com o Jójó ao "Alentejo", somos servidos por funcionários brasileiros (como diz o Jó "são tipicamente alentejanos");

- regresso ao hotel e descubro que me esqueci de um bem preciso chamado "pijama" (eu que tenho uma lista de viagem, que verifico sempre quando estou a fazer a mala, mas que desta vez achei que não era preciso)


Terça-feira:

- 6h00 - acordo e fico a contar comboios até o despertador tocar (altura em que tenho umas olheiras até ao pescoço);

- vou para o trabalho - sabem quando trabalhamos à distância com uma pessoa, trocamos e-mails e ouvimos falar dessa pessoa e depois finalmente vamos ao sítio onde essa pessoa trabalha e associamos finalmente uma pessoa à cara e até metemos conversa e contamos umas histórias?Pois, pior é no fim descobrimos que há mais Marias na terra e que aquela não era a Maria que conhecíamos (são as chamadas "Barracas de Kris");

- ao fim do dia regresso ao hotel e tenho um presente fantástico: consegui um quarto virado para a frente;

- antes de ir jantar com a Ana (onde descubro que tanto tempo a ter mais amigos que amigas me fez muito mal como anfitriã, argolas de guardanapo enfeitadas à mão era coisa que não fazia parte da minha TODO list) vou comprar um pijama e concluo que tal peça de vestuário fora da época de saldos, e sem ser para oferecer, é cara!

Quarta - feira:

- vou jantar ao Vasco da Gama, durante todo o jantar chove a sério (eu estava sem botas e com um guarda chuva com 3 varetas estragadas), no fim do jantar lá vou eu percorrer 1.999 lojas e no fim consigo encontrar umas botas que gostava (um tamanho acima, mas era o que havia) calço-as. Penso "estou no céu" e depois quando saio do centro comercial, descubro que já não chove, humf.

Quinta - feira:

- amanhã é dia de ir jantar a uma pizzaria algures no Chiado com os filhotes (parece que são as melhores pizzas de Lisboa, eu depois conto se assim é)

E agora é altura de ir ver uma série, só ainda não decidi qual.

segunda-feira, novembro 23, 2009

2012


Ontem foi dia de ir finalmente ver o 2012. Para começar os senhores da Lusomundo decidiram voltar a aumentar o preço dos bilhetes (e parece que o início do ano vão voltar a fazer o mesmo), depois admiram-se que as salas têm menos gente, porque será? (Será que eles sabem que estamos em crise?)

Adoro filmes de acção (especialmente quando há muitos tiros e porrada) e estava curiosa para ver este, mas tenho a dizer que fiquei desiludida com o filme, esperava mais: tem muitas cenas previsíveis, apesar de os efeitos especiais das catástrofes serem espectaculares, falham em algumas cenas de acção, nomeadamente cenas das personagens em andamento a entrarem para do carro. Engraçado que o carro deles consegue sempre fugir do chão a ser destruído (uma vez ou outra tudo ok, mas durante tanto tempo?)

E como costumo dizer que o que penso quando estou a sair do cinema é o que conta para a nota, lembrei-me logo do "The Day After Tomorrow", achei o filme muito melhor do que "2012" em vários aspectos: argumento, efeitos especiais, interpretação, banda sonora... E é natural que o espectador acabe por fazer a comparação.

Moral da história: se forem multimilionários ou trabalharem para o governo dos USA tem mais probabilidades de sobreviver a uma catástrofe (e no filme quem vivia em África também, já que o continente não foi inundado )

The scene: quando o Adrian Helmsey (Chiwetel Ejiofor) tefefona ao pai e nós sabemos, assim como eles, que essa será a sua última conversa (no entanto não é assim tão intensa que dê "para puxar pela lágrima")

Nota que dei no IMDB: 5/10

sexta-feira, novembro 20, 2009

Noite no Bairro Alto


Ontem depois de mais um dia de trabalho na capital, foi dia de:

- ir jantar ao bairro alto com a amiga que me conhece há mais tempo (aquela que me ia levar a casa com uma vassoura quando eu tinha medo dos cães), foi giro voltarmos a contar as histórinhas de infância (engraçado que sempre que nos encontramos, contamos sempre as mesmas histórias e continuamos sempre a rir à gargalhada)
- jantar no mesmo sítio que o Joe Berardo, claro que se não me tivessem dito eu nem repararia em tal senhor (o que me relembra que ainda não fui ao museu no CCB, ai ai Kris...)
- ver a gravação de um videoclip/anúncio mesmo no meio das ruas e nós feitas tótós ficamos mesmo no meio das filmagens

e depois disto tudo, foi dia de:
- dormir 4h30, já não estou habituada a sair durante a semana e hoje estive quase-quase a beber um café mas contive-me!

O bar das capiririnhas XL é que vai ter de ficar para a próxima (e o museu do Berardo também).

quarta-feira, novembro 18, 2009

Afinal sempre vamos a África do Sul


Desde o início do apuramento que eu dizia que não íamos a África do Sul, depois começaram a jogar mal (ou continuaram), mas a ter sorte, e passei a dizer "ainda vamos a África do Sul" e não é que os rapazes lá conseguiram?

E o melhor de tudo foi estar a ver o jogo no Bairro Alto com o meu amigo "mais velho", isto é, o que me conhece há mais tempo e que detesta que eu diga "já o conheço desde pequenino" quando me apresenta a algum amigo dele, mas eu adoro dizer isto só para o ver embarracado :)

No regresso apanhei um taxista fixe e viemos o tempo todo a falar de futebol, afinal há taxistas simpáticos em Lisboa (devem é ser uma espécie rara e não devem estar no aeroporto).


Mas voltando ao assunto:

Força Portugal!!!


PS: onde andam essas bandeiras do EURO 2004?


terça-feira, novembro 17, 2009

Andar de saia é d' homem...

... e quem o prova é Gerard Butler:


Só trocava os sapatilhos.

segunda-feira, novembro 16, 2009

Noite em Lisboa

O que é fantástico no facto de os filhos virem quase todos para Lisboa, é que depois a Mãe vem à capital e na mesma tarde combina-se um jantar de família (fiquei emocionada de virem ter comigo e tudo, são uns queridos, um deu-me um ataque de coração com o seu penteado novo, ainda estou a recuperar do choque, mas são pormenores...).

Lá fomos ao Vasco da Gama e tenho a dizer que finalmente comprei decorações para a árvore de Natal preta que comprei no ano passado, quando já não existiam decorações! Sim, depois de ter corrido mais de 10 lojas consegui finalmente encontrar decorações verde alface e azul turquesa (e despachei-as para irem para Coimbra no carro de um dos filhotes).

Só fiquei triste (chorei baba e ranho) quando chego perto da minha loja preferida e me deparo com isto:


O que vale é que ontem fui à Nike Porto do NorteShopping...

Depois de termos corrido tudo quanto era fast food acabámos por parar aqui:


E foi mesmo para os amigos da pizza, foi um serão super bem passado (70% dele cheio de conversas e piadas geeks e os outros 30% a gozarmos connosco), já tinha saudades dos nossos jantares (e das conversas geeks com piada!), quando é que há mais?





Baba do dia - take 27

E hoje a "baba do dia" vem de uma fonte externa, especialmente dedicada a mim, ver aqui.

Obrigada Mary :D

sábado, novembro 14, 2009

Um LCD ou uma LED TV?

Um LCD...

Ou uma LED TV?
Esta em vermelhinho ficava mesmo bem no móvel preto, só é pena é custar o dobro do preço da outra (o facto de a única coisa que vejo na TV serem jogos de futebol são pormenores...)

sexta-feira, novembro 13, 2009

Mais um fim-de-semana ocupado


Começa hoje mais um fim-de-semana que o único tempo que vou ter para mim, vão ser duas horitas de ginásio no Sábado (no último nem isso tive), se no fim-de-semana passado, foi andar de um lado para o outro a tratar de coisas, a ter com os amigos (lembram-se de marcar tudo no mesmo fim-de-semana) e chegou ao ponto de na Segunda-feira quando contei a um colega meu o que tinha feito ele me ter respondido "mas assim não descansaste nada!", este para lá caminha (mas sem tantos jantares).

Claro que com isto não houve posts novos no blog, peço desculpa às pessoas que na Segunda-feira não tinha posts meus parvos para ler.

Finalmente vou ao IKEA (depois conto se é assim tão bom como pintam), espero que também dê para ir ao Norte Shopping (gosto tanto de ir às compras ao Porto), fixe, fixe era se conseguisse decorações giras para a árvore de natal preta, que já fui a umas quantas lojas e era tudo "mais do mesmo" (em Inglês "more of the same") e no final de tanta correria, era porreiro Domingo à noite ir ao cinema ver o "2012" e não adormecer (ontem cheguei a cabecear nos "Monólogos da Vagina", depois conto).

E para começar a próxima Segunda-feira vou ter que acordar cedíssimo para ir para Lisboa, :(

Acho que com tanta coisa vou é ter que beber um cafézinho...

quinta-feira, novembro 12, 2009

Alice no País das Maravilhas... a 3D

Exmos Srs da Lusomundo,

Eu, Kris, vossa cliente assídua (de ante-estreias e promoções dos cartões do Millennium) venho por este meio pedir que no próximo mês de Março estreiem a versão 3D do filme "Alice no País das Maravilhas" numa das salas de cinema da maravilhosa cidade de Coimbra. Em troca eu não digo durante um mês que o preço dos bilhetes é uma chulice e faço publicidade ao filme. Sim? Sim? Pretty please?

É que com um cartaz destes quem é que não quer ver a versão 3D (mesmo sabendo que o bilhete ainda fica 2€ mais caro e que traz um par de óculos para casa para fazer companhia aos outros 2)?


segunda-feira, novembro 09, 2009

Afinal o Supernatural versão CSI foi mais giro

Tinha dito que depois comentava o episódio, pois esqueçam o Supernatural à la Grey's Anatomy, esqueçam as batas brancas e a farda de cirurgião, o episódio que foi satirizando séries de televisão, teve para mim como ponto altoo Supernatural à la CSI, não só o Dean e o Sam ficaram muito melhor de fatinho e a usar Ray Ban's à noite, como a imitação do Horatio Crane foi de partir a rir! Lindo!

Ficam as fotos:


Mais barracas de Kris

Desta vez foi em dose dupla, não bastou terem perguntado um dia:

- "Alguém sabe de quem é o Ford Fiesta cizento?" e eu ter respondido:
- "É vermelho?"

Como no dia seguinte perguntam:
- "De quem é o Renault Megane vermelho?" e eu:
- "É cinzento?"

Ai Kris, Kris...

quinta-feira, novembro 05, 2009

Supernatural Versão Grey's Anatomy

E vai ser hoje que vamos ter Sam e Dean vestidinhos à la Grey's Anatomy e parece que até se vão encontrar com um Mc....Donald.

Estou curiosa para ver o episódio, mas uma coisa já dá para ver: até de bata ficam bem:

Baba do dia - take 26

Faltam 3 semanas para a estreia do filme da continuação da saga de Twilight:"New Moon", mas isto é que tem sido publicidade: há uma ante-estreia especial para portadores do myZON card (pena é eu ser cliente clix) e em alguns cinemas já há bilhetes à venda, allo??? Faltam 3 semanas... daqui a pouco é uma corrida aos pãezinhos quentes pior do que as dos concertos dos U2 (eu se fosse ao Bono ficava com ciúmes) portanto acho que deve ser das raras vezes que não vou ver o filme na semana de estreia (bolas!).

Mas como nem pode ser tudo mau, dá sempre para nos babarmos com qualquer coisita com a publicidade...

Digam lá que o rapazito não tem um ar engraçado?

Ou se estes dois não fazem um parzinho mesmo giro? (Eu cá não me importava de ficar com qualquer um dos vestidos).


terça-feira, novembro 03, 2009

Baba do dia - take 25

E quando os canais de televisão não promovem as séries, os fãs fazem isto e os outros ficam mesmo a acreditar que se trata de um anúncio novo:


A viagem de volta

Para terminar a viagem na minha segunda cidade preferida, nada como passear no Terminal 4 do Aeroporto de Madrid Barajas, que além das lojinhas normais de aeroporto com chocolates, álcool e tabaco tem Mango e Zara.

Adoro descer as escadas rolantes e ver o anúncio a dizer "las tiendas del aeropuerto".



Na Mango não comprei nada, mas como a minha mãe diz que viagem sem comprar uns sapatinhos novos não é viagem (e uma pessoa tem de respeitar as mães) lá comprei mais uns sapatinhos de salto alto de 12 cm, desta vez cor-de-rosa (ainda estou a tentar ganhar coragem para os usar) na Zara (que aqui tem os sacos a condizer com as restantes lojas):



O problema de se viajar sozinha é que para aparecermos nas fotos temos de fazer estas figuras:



Ao chegar a Portugal, depois de estar duas semanas fora, o que é mesmo, mesmo, mesmo bom é apanhar um taxista mal educado que vai a ralhar com uma pessoa o caminho todo do aeroporto até à estação do Oriente por ter apanhado um táxi, como se:

1º) Eu tivesse culpa que a estação do Oriente fosse perto do aeroporto
2º) Eu tivesse culpa que não exista uma taxa para os táxis do aeroporto
3º) Eu não pagasse o serviço no fim

Fiquei tão, mas tão irritada, como se de noite, sozinha e carregada de malas tivesse muitas mais hipóteses.

Depois de tanto protesto deixo aqui os meus conselhos:

1 - Se não quiserem aturar taxistas mal educados que quase vos batem (estive a ver qual o momento em que ia ter que ir a pé o resto do caminho), podem ir apanhar um táxi às partidas (só descobri isto depois, se bem que penso que seja ilegal um táxi largar alguém e apanhar outra pessoa)

2 - Não deixem os carros num descampado que há entre o aeroporto e a estação do Oriente, pois um amigo deste senhor costuma passar lá a furar os pneus dos carros todos para se vingar.


Já apanhei táxis em Coimbra e no Porto em distâncias bem mais curtas e nunca ouvi protesto nenhum, só dá vontade de para a próxima ir para o Porto (mas o aeroporto fica tão longe, humf), enfim é o chamado "turismo de qualidade" (o nosso país no seu melhor).

Mas regressei sã e salva!

Selinho da Jú


O selinho que a mandou (obrigada!):

Mania: não sou capaz de ver um calendário com a data errada sem o corrigir (seja a onde for)

Pecado capital: A preguiça (costuma aparecer quando há loiça para lavar)

Melhor cheiro do mundo: do mar de Monte Gordo acompanhado com um toque de bolas de Berlim

Se o dinheiro não fosse problema: viajava mais :D

História de infância: ter obrigado a minha melhor amiga a levar-me a casa com uma vassoura na mão, porque eu tinha medo de um cão que estava na rua (de minha casa a casa dela eram 100m)

Habilidade como dona de casa: sobremesas :D

O que não gosto de fazer em casa: passar a ferro e despejar o lixo

Frase preferida: "Espere com paciência, ataque com rapidez." Provérbio Chinês

Passeio para o corpo: no centro de uma cidade a percorrer ruas desconhecidas se sapatilhas nos pés

O que me irrita: Ouvir uma torneira a pingar

Vou aos arames quando: é tão raramente que nem me lembro

Talento oculto: Chego com a língua ao cotovelo (conta?)

Frases ou palavras que uso muito:
Aaaaaaaaaaaaaah! (segundo o Jójó é num tom extremamente agudo)
Exactamente! (óptimo para terminar a frase de alguém)
Sim, sim (irónico)
Credo! (indignada)

Alguma que me tenha esquecido? Digam vocês!

Palavrão mais usado: porra (será que conta?)

Queria ter nascido a saber: A desenhar a sério

Para quem passo:

Délinha
Kelle
Patxocas
Sakana