sábado, outubro 24, 2009

Lágrimas de Eros

A íntima relação entre a tensão sexual e o instinto de morte–entre Eros e Thanatos–nas artes visuais é o tema desta exposição feita em parceria com o Museo Thyssen-Bornemisza e Fundación Caja Madrid, e pode-se encontrar nos edifícios destas duas instituições até ao dia 31 de Janeiro de 2010, sendo que no primeiro a entrada é de 8€ e no segundo gratuita.

Em cada secção da exposição um tema bíblico ou mitológico, que é representado ao longo dos séculos nas artes visuais é apresentado (em conjunto com uma explicação para o visitante).

PARTE I:


No Thyssen as várias secções são compostas pelos seguintes temas:

- Nascimento de Vénus - a exposição abre como o "nascimento de tudo", vem logo à memória o quadro de Botticelli, mas duvido que esse saia de Florença, engraçado que a foi quando vi uma imagem deste quadro pela primeira vez que me apaixonei pela pintura, aqui são outras Vénus representadas

"Venus"" de Amaury-Duvel, 1862

- Eva e a Serpente - o pecado original sempre muito retratado, do qual destaco a seguinte foto, de James White para capa da resvista Esquire em 2004:

Simplesmente linda! Destque ainda para a obra de e Henri Rousseau, "A Encantadora de Serpientes".

- Esfinges e Sereias - as duas figuras sobrenaturais que representam a femme fatale. Na foto "The Bather" de Gustave Courbe, directamente do Metropolitan Museum of Art.

- Tentações de Santo António - se a tentação dominou o tema anterior também domina este, o tema foi retratado por Cezanne, Picasso, Furini (marquei falta ao quadro de Dalí sobre o tema, que se encaixava perfeitamente) mas que mais que prenderam a atenção foram os quadros de Antonio Saura.

Seguem-se duas secções que abordam o erotismo, São Sebastião e Andrómeda são as duas versões, masculina e feminina , cristã e pagã do erotismo.

- O martírio de São Sebastião - que é tomado desde o
Renascimento como icone gay ou como icóne do corpo escultural, da qual destaco a obra de Guido Reni:

- Andrómeda Acorrentada - Andrómeda que na mitologia foi acorrentada a um rochedo como sacrifício para o fim da destruição da Etiópia, causada por um monstro enviado por Poseidon, acabaria por ser libertada por Perseu, que a recebeu em casamento. O quadro de Gustave Doré é dos que mais força transmite:


A exposição no Thyssen termina com um cereja no topo do bolo:

- O Beijo - quando penso neste tema lembro me do quadro de Gustav Klimt que tenho no iman na porta do frigorifico de quando o vi em Viena, engraçado que esta na sala e entra uma guia com um grupo e no momento em que penso no quadro ela refere que era dos que retratava mais o tema mas que era um quadro muito caro para transportar. Não resisti copiar o texto que estava como descrição da secção:

" The culmination of love between two people is a form of bondage, of mutual slavery with the lovers struggling to transcend their limits as inidividuals and merge into a single being. But that fusion does not take place without violence, without the canibalism passion of one seeking to devour or vampirise the other"

Nesta secção podemos observar obras de Rodin, Munch, Max Ernst, Warhol ou Magritte.

PARTE II



Na Fundación La Caja podemos ver o resto da exposição, com entrada gratuita, inicialmente só tinha pensado ir ao Thyssen, mas quando vi no folheto a indicação com o mapa (a pé é só pouco mais de um kilómetro) decidi ir visitar o resto.

Aqui o tema principal é o encanto erótico da morte.

- Apolo e Jacinto - Apolo apaixona-se pelo jovem mortal Jacinto e quando num jogo de lançamento do disco Zéfiro (o vento oeste) enraivecido muda a direcção do vento, o disco atinge Jacinto e este acaba por sucumbir nos braços de Apolo, é este o episódio retratado nesta parte da exposição.

- Endemión dormindo - Selena deusa da lua, apaixona-se por um pastor mortal, Endemión e parque este possa ser eternamente jovem acaba por o colocar a dormir para sempre, aqui tempos obras de Tiepolo, Rubens, Luca Giordano, Marina Abramovic e a imagem de David Beckham a dormir fotografiado por Sam Taylor-Wood (tenho a dizer que o senhor deita a língua de fora de vez em quando, nada, nada sexy)

- Madalena penitente - o tema biblico retratado ao longo dos séculos é também aqui representado por Marina Abramovic, Luca Giordano ou Canova

- Cleopatra e Ofélia - nesta secção temos obras de Man Ray, Dalí, Delvaux ou Moreau.

A exposição termina com os:

- Caçadores de cabeças - o texto diz tudo:

The final frontier in the drama of Eros and Thanatos is a behading game stage by three biblical couples: Salome and John the Baptist, Judith and Holofernes and David and Golias, here the severed head becomes a hunting trophy, a holy relic and a sexual fetism.

Lembrei-me da música dos Coldplay "revolutionaries wait, for my head on a silver plate".

Recomendo vivamente a exposição (senão também não estaria mais de uma hora a escrever este post, auch).


0 comentários: