segunda-feira, julho 27, 2009

A verdadeira Baba do dia - take 10

E depois disto, chega isto:



Veio hoje pelo correio, numa caxinha a condizer e com um saquinho para transportar à altura, já confirmei: fica-me bem a proteger o cotovelo, agora estou desejosa para o estrear numa voltinha. Deve ter metade do peso do Arai (mais coisa menos coisa) e custou-me tanto como o Arai há 10 anos atrás.

Sakana, quando é que vais mesmo almoçar ao Fórum para me encontrares e parares de gozar com o capacete branco foleiro?

Peço desculpa aquelas pessoas a quem repeti não sei quantas vezes que já tinha chegado o capacete, sei que parecia uma criança aos pulos.


Completamente babada :)

Coisas que dão nervos #1

Inicio hoje aqui uma nova crónica deste blog, ao contrário daquelas coisas que às vezes não são "nada de especial" mas que nos fazem sentir bem, por vezes há outra coisas que apesar de não serem nada de especial, incomodam como uma formiga dentro dumas Dr. Martens acabadas de apertar (sim, eu sei o que isso é, não me perguntem como é que a formiga foi lá parar).

Sabem quando temos algo que não contámos a toda gente, mas que apesar de não ser nenhum segredo, não andamos a espalhar? E depois encontramos alguém que não vimos há meses e com quem não temos assim tanta confiança e nos dizem "ahh e soube que etecetera e tal", e nós ficamos de boca aberta "mas como é que sabes isso?" e a resposta é "foi um passarinho que me contou".

Que nervos! Detesto quando alguém começa uma conversa e depois não a quer acabar, para isso não a iniciem. Ahhh, e depois ficou ali o Oracle 20i a percorrer as connections todas sem encontrar nenhuma ligação activa com a pessoa em causa, e claro que isto ainda irrita mais um bocadinho.

Sou só eu que me irrito com isto porque sou curiosa, ou este tipo de coisas também vos incomoda?

domingo, julho 26, 2009

Desta vez o Murphy não me deixou ficar mal

Por incrível que pareça desta vez o Murphy não me deixou ficar mal. Estava eu a fazer um bolo de chocolate para levar para a Buzz Night (que por acaso perdi os jogos todos mas isso são pormenores, ahh e ainda adormeci no sofá, o que só é sinal que era confortável, mais um sítio para acrescentar aos sítios estranhos onde dormi) quando mesmo, mesmo, mesmo no final a minha batedeira decide partir as varinhas (cá para mim foi um momento de revoltar por ter estado muito tempo sem uso, sozinha e abandonada no fundo do armário).

Obrigada Murphy por me teres deixado fazer o bolo e aqui fica um conselho da mãe: sempre que tiverem de fazer um bolo, batam as claras em primeiro lugar, que se a batedeira der o berro depois, pelo menos a parte mais difícil já está feita.

Portanto, tão depressa não há claras em castelo nem natas batidas, ainda bem que a receita que tenho a seguir na todo list não precisa de nada elaborado: vou experimentar fazer petit gateuxs, depois digo como correu.


sábado, julho 25, 2009

"Eles conseguiram"

O meu professor de Estratégia contou uma vez o que os Catalães diziam dos Portugueses com inveja: "eles conseguiram" [a independência dos Espanhóis].

Tinha curiosidade em saber se realmente assim era, um dia nas aulas de Espanhol estávamos precisamente a falar da Catalunha e perguntei à professora (que por sinal é Catalã) se assim era. Ela respondeu que nunca tinha ouvido isso, mas que tinha lógica, dado que quando os Portugueses se "viram livres" do domínio Espanhol em 1640 (aquele feriado que comemoramos a 1 de Dezembro e que quase 400 anos depois já tem pouco significado, mas que são como os feriados católicos, não me dizem nada mas eu não me queixo nadinha) Filipe IV decidiu atacar a Catalunha, mas de modo hostil.

Bem, são 2h da manhã depois de mojitos, e um grande défice de sono, esta conversa vai levar a quê? Vai levar a que uma pessoa vê os feeds antes de ir dormir, olha para estas coisas e pensa "como é que alguém consegue andar tão elegante num aeroporto?" parece que é uma passerelle. Eu que viajo sempre de sapatilhas para não apitarem e as senhoras não me virem revistar (já me aconteceu duas vezes no aeroporto do Porto, para além de ser apalpada ainda colocarem a mão na parte de trás das calças, por dentro, sendo que fiquei tão chocada que nem consegui dizer nada), de calças de ganga e um casaco fofinho que faça de almofada.

E depois há quem saia de um avião assim:


E nesta altura pensei "elas conseguem", seguido de "cada vez gosto mais das minhas sapatilhas".

sexta-feira, julho 24, 2009

A música mais fixe de sempre do Body Combat

Corrijam-me se estiver errada mas para mim esta é a música mais fixe de sempre do Body Combat:

- "Razzia 2" dos M directamente do mix 18 do Body Combat

Baseada em "Hall of the Mountain King", onde se baseia o genérico do Inspector Gadget! ta na na na na nam.

Como a malta já estava farta do mix anterior, desta vez o instrutor decidiu retirar músicas de vários mixes (infelizmente decidiu tirar aquelas que mais trabalhavam o abdominal, e como se não chegasse a música dos abdominais nem tem flexões: só adbominais do inicio ao fim) em vez de colocar um mix mais antigo.

Quando chega à oitava música começo a pensar "eu conheço este tema", depois reparo no que era, imagino os desenhos animados, rio-me, e divirto-me, a coreografia é bastante alegre, e a música deixa sempre qualquer pessoa bem disposta :)

Quem disse que ir ao ginásio era uma seca?

Para conferir aqui:




quinta-feira, julho 23, 2009

Os conselhos da Kris

Quando forem à farmácia comprar umas pastilhas para a dor de garganta e não existirem as vossas preferidas, nunca acreditem quando a senhora diz "estas têm um sabor agradável", quer dizer que sabem mal e que ainda por cima demoram uma hora a desfazer-se.

Agradável? Agradável é ter de conduzir durante 3h no pico do verão num carro sem ar condicionado e não estar um "calor do caraças".

Bahhhh, vá se lá confiar nas pessoas!

quarta-feira, julho 22, 2009

Loucuras de Kris


Na Quinta-feira passada cometi mais uma "Loucura de Kris" (chamo-lhes assim porque para qualquer outra pessoa é algo perfeitamente normal): saí de casa de havaianas (na imagem está o modelo que a Naomi Campbell desenhou) e não foi para ir para a praia, foi mesmo para ir até à Farggi comer um gelado.

Não fiquei fã, mas até compreedo porque tanta gente gosta de andar com elas. O que me permitiu concluir que cada vez gosto mais de andar de sapatilhas, apesar de gostar de andar muito com saltos altos de 10 cm, no top das minhas preferências estão mesmo as sapatilhas. Quem diria? Volta e meia entro na Nike no fórum Coimbra para as ir namorar, mas a minha forretice não me deixa passar disso mesmo, porque comprar umas sapatilhas por 3 dígitos não é como ir ao Continente e comprar água.

Um dia destes ainda cometo loucura a sério e personalizo umas destas com o meu nome e tudo:


Entretanto finalmente encomendei o Baba do dia #10. Só espero que quando ele chegar a chuva se tenha ido embora, que raio de tempo é este em que chove em Julho? Antes chover agora do que quando for de férias.

terça-feira, julho 21, 2009

O vestido da Kris

Como tinha escrito, cá está o post sobre o vestido do casamento.

Depois de algumas idas à baixa em busca de tecidos, acabou por ficar escolhido o fuchsia, apesar de eu ter votado no laranja (eu que as únicas peças que tenho essa cor são 2 t-shirts para levar para o ginásio, era porque o laranja era mesmo giro), mas a maioria decidiu e lá ficou o rosa.

Quando já tínhamos o tecido comprado, ficámos com outro problema em mãos, encontrar uma costureira, lá andei eu nos Tecidos de Coimbra num sábado de manhã a reparar em tudo quanto era costureiras para pedir números de telefone e orçamentos, como ficava tudo longe e caro (ainda por cima), acabámos por ir a uma costureira recomenda pelo alfaiate que nos fez os trajes académicos.

Seguiu-se a busca do modelo, depois de ter visto não sei quantos modelos, com a certeza que queria um halterneck, eis que quase na véspera de ter de escolher o modelo me deparo com isto num episódio de Gossip Girl (a série já nem para guilty pleasure serve, mas sempre dá para tirar umas ideias):

E pensei: "é um destes!".

E foi.

Pelo meio tive de percorrer 8 retrosarias em Coimbra à procura de botões, e quando pedia "algo simples e elegante" mostravam-me botões de criança com rosinhas, yeahhh right! Nos centros comerciais de Celas lá encontrei uns que eram "menos mal" e passadas 4 provas do vestido este foi o resultado final:


Depois de tanto trabalho, resta saber se o vou voltar a usar.

O concerto dos The Killers - Super Bock Super Rock 2009

Sábado passado fui até à capital ao Super Bock Super Rock, riscar mais um item da lista dos nuncas. Ainda estou a tentar descrever a experiência mas acho que contínuo sem palavras, é verdade que foi uma estreia e ainda estou assim meia aparvalhada, mas vou tentar descrever tudo.

Não sei bem como, mas arranjámos estacionamento à pala logo ao lado do CCB (que sorte) depois fomos comprar pastelinhos de Belém (onde fomos atendidos por um empregado mesmo com muito bom aspecto, alguém que-não-vou-dizer-o-nome até disse "este é que era fixe, chega todos os dias a casa a cheirar bem", errrrr pois. No comments.)

Depois fomos até à Starbucks comer os pasteis e eu no meu caso beber o Ice Café Moka da praxe (só faltou o vídeo de outra certa pessoa a comer um pastel de Belém em 2s, não vou divulgar nomes, mas foi coisa de informático...)

Quando a malta já estava toda junta lá nos fomos encaminhando para o Estádio do Restelo e de lá vista é espectacular sobre o rio Tejo.



Em relação aos concertos, Brandi Carlile só me lembro de ter cantado 4 músicas e pronto, não foi assim nada de especial, segundo a Délinha num palco muito mais pequeno o concerto é melhor. Duffy apareceu com um vestido super sensual e o concerto todo foi só ver as pernas dela no ecrã gigante, lá fez gritar um pouco o público quando disse umas frases em Português e um pouquito quando cantou "Mercy", fiquei contente de afinal saber 4 músicas dela, quando pensava que só conhecia uma.

Entre os concertos, quando fomos buscar qualquer coisa para comer, passaram por nós uma rapariga e um rapaz a vender raspadinhas da Santa Casa e deu-se mais um "momento de Kris", a rapariga vem-me perguntar se queria comprar uma, respondo que não, e diz a Délinha "ainda por cima foi perguntar à mais forreta de todas" e respondo eu "ainda se fosse ao colega, agora a ela", o rapaz (que obviamente era bastante jeitoso) deve ter ouvido, vira-se para trás e pergunta se quero comprar uma raspadinha, eu coro até à ponta dos cabelos e digo um tímido "não". O que vale é que ninguém me conhece.

Pelo meio destas coisas todas, lá fomos tirando umas fotos...





Depois chegou o momento mais aguardado da noite, os Killers entraram mesmo a matar, abriram o concerto com "Human" e o público começou logo a cantar e a pular, conquistaram-nos desde do primeiro segundo, Brandon Flowers introduz a banda e diz "Nós somos os The Killers e esta noite somos vossos" e foram!

"Somebody Told Me", uma das minhas preferidas, foi uma das que se seguiu e novamente o público voltou a vibrar com um dos êxitos de "Hot Fuss":


O ponto alto da noite ocorreu com "Spaceman", no fim da música quando a banda já se preparava para cantar a próxima canção o público contínua a entoar "oh oh oh oh oh oh ", Brandon Flowers dirige-se para as teclas, toca o refrão e o público acompanha, no entanto "not enough", o público não se contentou e os Killers voltaram a tocar "Spaceman" novamente, brutal!

Como uma imagem, neste caso um vídeo vale mais que mil palavras, este consegue bem demonstrar o entusiasmo do público (os meus braços estão lá algures pelo meio):


Mais umas músicas se seguiram e a banda tocou outra das minhas preferidas: "Mr. Brightside" , nunca me esqueço desta música quando foi utilizada numa coreografia de Power Jump, sempre que a ouço a associação é inevitável. "All These Things That I've Done" ("I´ve got soul but I’m not a soldier") voltou a colocar a o público a cantar.




Já no encore, tocaram "Jenny Was a Friend of Mine" e pediram desculpa por não terem cá vindo mais cedo (este para mim foi outro dos momentos altos) e disseram que iam voltar em breve. Parece que a banda é uma das mais caras e difíceis de marcar, mas se eles cá vierem: eu estou lá batida! (Délinha: vamos?).

Outra das coisas que me surpreendeu foi o vocalista, Brandon Flowers tem muito melhor aspecto ao vivo (engraçado que ninguém lhe filmou as pernas):

Fonte: sapo

Os vídeos que foram sendo passados no palco a cada música aumentaram ainda mais a qualidade do espectáculo e no fim a banda terminou com "When You Where Young" e um espetáculo de pirotecnia:



E foi a cereja no topo do bolo!

No meio disto tudo foi pular, cantar, suar, terminar o concerto e beber uma garrafa de água em 10s (no dia seguinte acordei cheia de sede, parecia que tinha estado a beber álcool a noite toda).

Já íamos a caminho no carro quando a Té diz "bem se não apanharmos gripe A agora já não apanhamos", fiquei impressionada com a quantidade de espanhóis que se encontravam no recinto, disse o meu pai que estava a ver as reportagens que a jornalista teve uma certa dificuldade em encontrar um Português para entrevistar.

Giro, giro, foi chegarmos ao carro o Ricardo apontar para um papel no vidro, e caiu-me tudo: "uma multa", afinal não, tinha sido ele que lá tinha colocado o bilhete para nos assustar :@

Claro que a companhia dos amigos ajuda sempre, mas foi sem dúvida uma experiência fantástica!


Alinhamento:
-Human
-This Is Your Life
-Somebody Told Me
-For Reasons Unknown
-The World We Live In
-Joy Ride
-Bling (confessions of a King)
-Shadowplay
-Smile Like You Mean It
-Losing Touch
-Spaceman
-Dustland Fairytale
-Read My Mind
-Mr. Brightside
-All These Things That I’ve Done

Encore
-I Can’t Say
-Jenny Was A Friend Of Mine
-When You Were Young

segunda-feira, julho 20, 2009

Harry Potter and the Half Blood Prince


Sendo uma fã de livros de fantasia (como me disse uma vez um colega "o mundo real já é mau o suficiente para lermos livros realistas", acho a afirmação um pouco forte mas como ele até é mais velho e sendo uma pessoa que considero bastante assertiva, deixou-me mais contente pelo facto de eu não ser a única a ler livros do género) e tendo lido a saga toda, lá fui cumprir o "meu dever" de ir ver o filme (na realidade foi só para matar a curiosidade)

Confirma-se, em termos de realização o filme está muito melhor, apesar de ter gostado bastante do Alfonso Cuarón na realização do "Harry Potter and the Prisoner of Azkaban", no meu livro preferido, "Harry Potter and the Goblet of Fire", a versão cinematográfica desiludiu-me um pouco e agora isto já parece o Matrix: "ainda bem que acabou".

Este filme foi diferente dos anteriores, o foco já não se encontra no ano escolar em si, mas sim no alinhamento para o fim da saga. Destaco duas interpretações a do meu actor preferido da saga, Rupert Grint que interpreta o papel de Ron Weasley, desta vez não tivemos os momentos divertidos do costume, mas Ron continua a surpreender e a permitir que o espectador lá vá soltando uma gargalhita, e Helena Bonham Carter no papel de uma das más da fita, ela pula, grita, corre, lança feitiços e apesar de não aparecer durante muito tempo, tem mais uma vez um grande desempenho (agora ainda fiquei mais curiosa como se irá sair com o papel de Rainha de Copas em "Alice no País das Maravilhas").

Quanto à banda sonora, tenho saudades do John Williams ou mesmo do Patrick Doyle que fez um trabalho bastante bom no "Goblet of Fire", o que pesa sempre 1 ponto na minha nota.

O volume final está dividido em 2 partes, uma a estrear em 2010 e outra em 2011, até lá pode ser que o Harry Potter troque de óculos, Draco Malfoy com esta missão parece que envelheceu mais 10 anos do que os colegas (cheguei a pensar se o actor ainda seria o mesmo), os rapazes vão crescendo e é estranho agora ver fotos promocionais do primeiro filme.

The quote: "Times like these, dark times, they do funny things to people. They can tear them apart."

The scene: a cena final com os três amigos na torre a observar a fénix, o horizonte e pensar no que o futuro lhes irá reservar.

Nota que dei no IMDB: 7/10

Spoilers: caso alguém se questione o Dumbledore morreu mesmo e ninguém o vai resuscitar, no fim das duas partes que se seguem irão perceber o final deste filme.


PS: amanhã comento o concerto dos Killers quando tiver fotos :)

sábado, julho 18, 2009

Menu do dia

Hoje no menu vai ser um destes com canela:



Um destes:


O Iced Café Moka da praxe na Starbucks e a cereja no topo do bolo:

"The Killers" aqui vou eu, não se preocupem que a minha voz maravilhosa no meio de tanto barulho não se vai notar e ninguém vai fugir do estádio. Fiquem tranquilos!

It's going to be AWESOME!

sexta-feira, julho 17, 2009

Anúncios

Sempre gostei de ver anúncios na televisão, mas daqueles originais, com piada por vezes e acompanhados de uma banda sonora do mesmo nível, aqueles que quando vamos ao cinema não nos fazem olhar para o relógio e pensar que o filme começava às 21h30 e já são 21h45.

De há uns meses para cá deixei de ver TV, mas acho que a única coisa que tenho assim umas saudades (mas pequenas) são esses anúncios. Ontem saiu a lista dos nomeados para a 61ª edição dos Emmies e na categoria de melhor anúncio destaco o meu preferido, o da Nike.

Com música dos The Killers, a marca que tem incluída na sua missão "if you have a body, you are an athlete" (o que faz sempre bem ao ego), fez este anúncio para os Jogos Olímpicos de Pequim, o qual ainda conta com a "presença" do ex-CR7:





quinta-feira, julho 16, 2009

Baba do dia - take 15

Fonte: EW

Jensen Ackles ficou em 2º lugar na lista dos “SciFi Hotties of 2009″ da EW (não consigo perceber como é que o Spook conseguiu o primeiro lugar, mas isso são pormenores) o rapaz que queria interpretar o papel de Clark Kent e depois acabaria por ser tornar famoso como Dean Winchester em Supernatural, ainda bem que assim dá mais piada à série, e o Tom Welling tem mais carinha de menino para fazer os seus momentos "à Clarky".

Recordo "o momento" de Jensen Ackles quando na quarta season do Supernatural canta "Eye of the Tiger" para ver ou rever aqui (que os senhores do youtube não deixam incorporar o vídeo), além da secção da "baba do dia" também devia criar a "gargalhada do dia".

Baba do dia - take 14

Dark Horse, o novo albúm dos Nickelback, comprado na amazon a menos de 8 euritos.

As primeiras vezes que ouvi o CD confesso que não gostei muito e pensei "preferia o anterior" mas nas vezes seguintes fiquei "marabilhada" (já não dizia isto há tanto tempo...) e não voltei a ouvir "All the Right Reasons". Deixo no ar a pergunta "If today was your last day and tomorrow was too late / Could you say goodbye to yesterday?"

(...)

"So live like you're never living twice /Don't take the free ride in your own life"

Gosto de músicas que me deixam a pensar e que ao mesmo tempo dá para decorar facilmente a letra e deixar uma pessoa bem disposta.

Acho que vai continuar a rodar no iPod.

Noite de compras

Eis que chega aquela época em que todas as lojas parecem que acabou de passar um furacão por lá (se bem que contínuo a dizer que qualquer Zara em Espanha consegue estar 10x pior).

Depois de ontem ter comprado uma saia quase por acaso, tinha estado a namora-lá quando custava o dobro do preço e por acaso entro na Mango e lá estava ela, à espera, a rir-se para mim, ainda por cima só havia uma e era o meu tamanho, ora chego a casa, corto a etiqueta, vou a caminho do cesto da roupa quando olho para as instruções de lavagem e diz "não lavar, limpeza a seco".


Quer dizer ainda se fosse uma saia caríssima isto admitia-se, agora não vou estar a gastar mais dinheiro na lavandaria do que o preço da própria saia (ainda bem que não paguei para me subirem a bainha), mas depois pensei que se calhar não vou a vou vestir assim tantas vezes, por isso as viagens à lavandaria devem ser poucas.

Hoje foi dia de finalmente ia à Nike, das poucas lojas que em dia de saldos não estão muito diferentes dos outros, o que colocam à venda é a colecção normal, já na Pull&Bear a única coisa que tinham era tshirts, que raio fazem aos casacos e às camisolas quando chegam os saldos? Mas ainda não foi hoje que cometi a loucura de comprar umas sapatilhas de 3 dígitos, isto porque não havia o meu tamanho.

Quando saí do fórum meia hora depois de fecharem as lojas (alguém se lembrou de ir beber caipirinhas às 23h30...) reparo na Berska e penso "foge, como é que em 30 minutos o staff conseguiu voltar a dar à loja um aspecto normal?" até parecia que não estava em saldos e que tinham voltado a ter coisas giras, admiro a paciência no final de um dia de trabalho.

Agora só falta a visita ao Dolce Vita :)

terça-feira, julho 14, 2009

As últimas novidades do ginásio

Como não há duas sem três vem aí mais um evento do Phive que aqui a Miss Connections não pode ir, dia 25 será a Summer Party com DJ's e comida e mais não sei quê e com direito a dress code e tudo (Black&White, e eu que tinha um vestido mesmo a calhar). Calha mesmo no fim-de-semana que não estou por cá.

Eu que há 2 eventos atrás disse "vou ao próximo", para além de ter perdido o jantar na Quinta das Lágrimas e o aniversário, este é mais um para somar.

Sim, é verdade o ginásio onde ando para além de ter bastantes eventos, agora também tem festas (mas por mim podem ir todos para a concorrência que assim não preciso de chegar mais cedo com medo que já não haja senhas para as aulas).

Mas como se não chegasse, eu que adoro ir ao ginásio no Sábado à tarde e que nos dois últimos não fui porque estava na Figueira e depois no casamento e no próximo também não estou por Coimbra e depois do outro também não, pensava eu que em Agosto podia ir. Não é que ontem enviam o horário de Agosto e não há aulas ao Sábado? Bahhhhhhh.

O que vale é que nem tudo é mau, para compensar os dois males anteriores em Agosto há acesso total para todos os membros (espero é que não se lembrem de ir à mesma hora que eu).

503

503


Pela primeira vez numa semana o número de visitas ultrapassou a fasquia dos 500.


Muito Obrigada :)

O Casamento da Raquel e do Miguel - parte 2

E quando eu pensava que era a única que estava a ficar lamechas e sentimental, descubro que não só o fogo de artifício puxou por lágrimas a umas pessoas, mas também ainda recebo um SMS no telemóvel a dizer "vi o teu blog e fiquei emocionada" (sempre serve como motivação para escrever).

É nestas alturas que penso "ainda bem que não fui a única". Ufa!

Ontem esqueci-me de referir uma cena que achei imensa piada, dois amigos do noivo (rapazes) fizeram uma demonstração dança juntos, foi um espectáculo! Admirei-os, acho que poucos homens tinham coragem de fazer aquilo, não sei se o álcool no sangue também contribuiu ou não, mas tiveram uma grande salva de palmas, ao contrário de quando decidimos ir cantar, não percebo arrisca-se uma pessoa a fazer figura de parva a ir cantar e depois não há palmas, que escândalo!

Próximo episódio: a história do vestido da Kris (mas só lá para o fim da semana, quando conseguir as fotos da minha fotógrafa que me corta sempre os pés).

segunda-feira, julho 13, 2009

O Casamento da Raquel e do Miguel

Ontem tive o primeiro casamento duma amiga minha, foi a primeira vez que fui a um casamento sem ser alguém da família, ou da família do namorado, ou filhos dos amigos da família.

Comentários? Adorei! Foi simplesmente perfeito (isso e eu a tornar-me uma lamechas), mas o melhor de tudo é descrever o dia acompanhada de fotos.

Apesar de não sabermos bem como, conseguimos estar prontas em casa da noiva como ela nos mandou...




Lindas e fabulosas claro, melhor que nós só a noiva. Quando entrei no quarto dela e a vi, pronto vieram-me as lágrimas ao olhos (pela primeira vez), ainda bem que não estava ninguém filmar.

Depois seguiram-se as fotos em casa e fomos até à Igreja. O casamento foi na Igreja da Rainha Santa, sítio onde não sei porquê conseguem marcar 3 casamentos numa manhã e andar a correr com os convidados da igreja de uns casamentos para os outros poderem entrar para o próximo. Não podiam só marcar dois?

Bom, avante. Entrada na Igreja? As minhas pernas tremiam que nem varas verdes (seja lá isso o que for), o pensamento da Té foi "devia ter trazido uns saltos mais baixos", eu acho que a única vez que me lembro de as minhas pernas tremerem assim foi no dia do exame de condução de carro.

Como aprendi no "27 Dresses", olhei para a cara do noivo quando entrámos, estava complemente babado. Conseguimos enfiar a noiva no altar com o véu e a cauda e ficámos sentadinhas na primeira fila, eu só me ria, diverti-me imenso. Quando foi a troca dos votos, acho que me vieram as lágrimas aos olhos mais umas quantas vezes (eu avisei que estava a ficar lamechas), acho que o casamento já ia em 25 minutos quando reparo no altar e digo para a Lula "olha a Rainha Santa está ali!"... no comments.

No final da cerimónia, quando a noiva seguinte esperava dentro do carro a morrer de calor, nós fomos até aos Claustros tirar umas fotos...



E entretanto os convidados esperavam cá fora com as pétalas na mão...

As damas de honor:


Eu e o Hugo, o nosso fotógrafo de serviço:


E com os noivos...


Enquanto ainda esperávamos pelos noivos à porta da igreja... (aposto que foi nesta altura que queimei os ombros).


Graças ao GPS conseguimos dar com a Quinta e passadas umas horas deixámos os ramos a descansar em cima da mesa:


No final da tarde, houve demonstração de dança, o "instrutor" parece que decidiu imitar o Sawyer do Lost e deixou a camisola em casa...


Obviamente que como alguém tinha que tirar as fotos, eu não dancei (o simples facto de não saber que fazer aos pés não tem nada a ver, ainda bem que o o Hugo também não gosta destas coisas).

No final do jantar, toca de riscar o item número 2, da lista dos "Eu nunca...", pronto apeteceu-me e não gostei. Ainda bem. As coisas que uma pessoa faz no casamento dos amigos, fora se tivesse bebido álcool.

Seguiu-se o fogo de artifício e o bolo, a banda sonora esteve excelente e o fogo foi lindíssimo.


Os "noivos" os mais giros que vi até hoje:


Os nossos acompanhantes só chegaram no fim da tarde...


Em troca de uma foto, fomos cantar com a banda, sim dançar não, mas pegar num micro à frente de não sei quantas pessoas a saber cantar horrivelmente mal, já pode ser. A Madalena Iglésias se nos visse a cantar o "Sei quem ele é" tinha tido um treco...

E depois do vídeo que os noivos mostraram com a sua história de amor, e dos discursos que fizeram cair mais umas quantas lágrimas a muita gente, e uns kilos de comida mais tarde, foi tempo de pegar no bat mobile e ir até casa, já cansada.


Consegui aguentar o dia todo nos meus saltos de 11 cm, classificados pela Raquel como "saltos de morte" e foi chegar a casa às 3h da manhã, tomar banho, tirar os kilos de laca e de ganchos que o Rui me colocou de manhã no cabelo e finalmente ir dormir.

Foi um dia em grande, sem dúvida dos melhores casamentos a que assisti, mas também foi daqueles que pude contribuir com a minha ajuda para o que fosse preciso auxiliar os noivos (mana, no teu estava demasiado stressada para me poder divertir assim tanto tá? Só isso explica o facto de não ter frio a 30 de Outubro e não ter comido nada quando o almoço era rodízio. Aqui não tinha que me preocupar com os outros convidados, nem tinha família a assistir-me a "cantar").

E à Raquel e ao Miguel, a maior felicidade do mundo :D

PS: e nada de voltarem da lua-de-mel com gripe, pelo sim, pelo não vou aguardar uns quantos dias de intervalo....

sábado, julho 11, 2009

Véspera de casamento

Finalmente em casa, sentada no sofá, ora vamos cá rever o resto das coisas do casamento:

- prenda - checked (sim, foi só no último dia, gosto de ser Tuga!)
- ramo de dama do honor - checked (e despachei-o para casa da Tézinha que assim ela coloca-o de molho durante a noite
- gravata do namorado a condizer com o vestido - checked (não é rosa, não o ia torturar assim tanto, está mais a caminha para o roxo, e como sou querida até já lhe ofereci a gravata com o nó feito por mim)
- bateria da máquina - checked

... chego a casa às 2h e reparo que: nenhum dos telemóveis tem bateria e só tenho um carregador que o outro está na secretária do trabalhinho e depois lembro-me que me esqueci de pintar as unhas (drama de ser gaja) lá vou eu correr ver de não sei quantos vernizes até me decidir pelas cores, acompanhada do último álbum dos "The All American Rejects" entitulado "When the World Comes Down" (uma das prendas do Dia dos Namorados), portanto agora uma hora depois posso dizer...

- verniz - checked

Agora é tempo de ir dormir, a Délinha hoje lembrou-me do beauty sleep, mas a esta hora "já era" e como na prática não sei o que é isso, acho que não há problema, daqui a umas horitas é acordar, esperar pelos efeitos milagrosos de uma coisa chamada corrector de olheiras e outra chamada base, tratar dos últimos pormenores e estar às 9h no Rui a pedir uma coisa destas:

ou destas:

Adoro a tecnologia, hoje não só graças ao GPS no telemóvel (que só funciona à pala porque tive ajuda duma colega minha, a Ana) lá conseguimos descobrir a casa da noiva, como também estas fotos já foram por Bluetooth para mostrar amanhã. Espero que o Rui esteja com paciência para me aturar, já que sempre que lá vou, sento-me e digo para ele fazer o penteado que quiser.

Ao contrário da Té, ainda não estou com nervoso miudinho, hoje e ontem não tive tempo para isso, não sei como consegui tratar de tudo e ainda ter tempo de ir ao Power Jump (hoje até sei como, foi só jantar em 5 minutos e cortar nas horas de sono, details...).

E já só faltam 4 horas para o despertador tocar e ainda tenho de ir secar o cabelo, até amanhã.

quinta-feira, julho 09, 2009

Será que é desta que Clark Kent vai vestir os collants?

Hoje saiu um "major Smallville scoop", segundo Michael Ausiello "The iconic "S" symbol will be all over the show in season 9. Including on Clark's chest".

E agora a questão coloca-se "será que é desta que Clark Kent vai vestir os collants azuis?". Fico à espera.

Almost all set

Já só faltam dois dias para o casamento da Raquel e para aqui a Kris ser bridesmaid.

Estado actual:
- Acessórios - checked
- sapatos - checked
- carteira - (ainda em dúvida)

e o principal...

- vestido - checked, depois de ter sido tão complicado escolher o tecido e seguidamente o modelo, foram precisas 5 idas à costureira, mas está no armário pronto para ser vestido.

Agora só falta mesmo a gravata para o namorado.

Depois de Sábado mostro o resultado final :)

The Proposal

Acabei de vir da ante-estreia do filme "The Proposal", pensei que iria ser só mais um comédiazinha romântica, no entanto enganei-me, fartei-me de rir (mas a sério), ao contrário do filme que fui ver no Domingo, ri-me muito mais neste (o que não seria de esperar)

Por vezes, acontece a maioria das piadas estar no trailer, ou quando já estamos à espera de uma determinada cena com uma determinada piada, depois vemos no filme já não achamos tanta piada, mas aqui não, a maneira como Margaret comunica aos chefes que se vai casar, ou quando Andrew se vê obrigado a ter que fingir que dormiram na mesma cama e Margaret se assusta debaixo dos lençóis ele diz "it's the morning", conseguiram a ter piada.

E depois há aquelas cenas que não aparecem no trailer e que também têm piada (coisa rara neste tipo de filmes) como a dança de Margaret ou quando salva o cão das garras da águia mas quando esta troca o cão pelo telemóvel, Margaret tenta devolver o cão. Claro que depois existem cenas um pouco ridículas e escusadas, mas por isso é que o filme não tem 10.

Filme de Domingo à tarde, mas que não me importo de rever daqui a uns tempos, sentada no sofá e com uma taça de gelado a acompanhar.

The scene: o "casamento", não conto mais para não me acusarem de ser spoiler e todas as que se podem apreciar as fantásticas paisagens do Alasca.

Nota que dei no IMDB: 7/10


Obrigada Mega FM!

terça-feira, julho 07, 2009

Há dias de azar - parte II

Como um mal nunca vem só, depois de ter perdido o cartão de débito e os códigos do homebanking, e de ter dado ordens de compra e não as ter confirmado, eis que no Sábado passado perdi os meus Chilli Beans, comprados no Aeroporto da Portela quando ia a caminho de Milão.

Ainda por cima adorava os óculos...

Com isto é oficial: só não me esqueço da cabeça porque está pegada ao corpo.

Será que é este ano que vou ver o Real Madrid ao vivo?


Tenho na minha TODO list pessoal ir um dia ao Santiago Bernabéu ver o Real Madrid, sendo um dos meus clubes preferidos e Madrid a minha segunda cidade preferida (depois de Coimbra, claro), é juntar o útil ao agradável.

Ontem foi a apresentação do actual CR9 em Madrid. Hoje já discuti muito sobre o assunto,,não vou fazer comentários de quem lá foi, ou de quem critica quem foi. Embora só agora tivesse oportunidade de ver o vídeo da apresentação, para mim foi uma excelente manobra de marketing do Real, poucos clubes conseguiriam encher o estádio daquela maneira. E eu se vivesse em Madrid também lá teria ido apoiar o tuga (apesar de não se grande fã do senhor).

Esperemos que com o Cronaldo agora mais perto de Portugal já não chegue tão cansado aos treinos da selecção.

E pode ser que esta seja a época em que vá finalmente ver o Bernabéu por dentro, como disse a Rita sempre temos mais uma desculpa.

segunda-feira, julho 06, 2009

The Hangover

Adoro ver trailers, mesmo sabendo que às vezes numa comédia as piadas estão todas no trailer, ou num filme com pouca acção as cenas de acção surgem todas no trailer, enganando o espectador, gosto da curiosidade que levanta (principalmente os teasers quando na realidade não dizem mesmo nada), outras vezes depois de ver o filme acabo por ficar desiludida. E geralmente quando não gosto do trailer, acabo por não ver o filme.

Desta vez foi diferente, apesar de não ter achado o trailer nada de especial, e depois de o Marco tem dito que já nao se ria num filme assim há tanto tempo e de mais pessoas me terem dito que o filme estava mesmo muito bom, e tendo em conta a classificação no IMDB, lá fui eu ontem ao cinema ver o filme.

Afinal o trailer não engana, deu para rir em algumas situações , é verdade, mas nada que desse para rir até doer a barriga, ou que fizesse escorrer lágrimas de riso pela cara abaixo.

Quando saí do cinema é engraçado que eu e o Hugo os dois pensámos no mesmo e compáramos com a comédia com que mais nos rimos no cinema "Love Actually" (e que por tradição vejo todos os anos no Natal).

Mas voltando ao filme, este acaba por ser diferente das outras comédias, piadas novas, situações engraçadas, e tudo quanto é mistério lá se vai resolvendo, excepto a galinha, Bradley Cooper acaba por fazer o papel de "gajo bom" que se destaca pelas camisas um tamanho a baixo, Zach Galifianakis interpreta o cómico, e o noivo acaba por ser uma personagem mesmo secundária.

Ainda bem que "só" paguei 5,80€ por dois bilhetes.

The quote: "Some guys just can't handle Vegas"
The scene: o momento em que dentro do carro roubado da polícia decidem ligar as sirenes para se escaparem ao trânsito.
Nota que dei no IMDB: 6/10

domingo, julho 05, 2009

Sábado dia de praia


Sabe tão bem quando os senhores da metereologia se enganam :D apesar da chuva prometida para Sábado, S. Pedro decidiu brindar-nos com um sol radioso.

Já me tinham falado muitas vezes das praias na Figueira da Foz "do outro lado da ponte", mas confesso que cada vez que vou para aqueles lados, acabo por ficar na Figueira ou em Buarcos.

Ontem foi dia de Piquenique com os filhotes e fomos até à Cova da Gala, a praia é fantástica, a areia muito mais fina e há muito menos gente. O parque de merendas tem campos de futebol e vólei e sombras a dar com pau para fazer piqueniques, mais uma vez consegui provar que não tenho mesmo (mas mesmo) jeito nenhum para jogar vólei (consegui acertar 1 serviço em 3, já não foi mau).

A água parece que estava boa mas eu decidi não arriscar (sou muito fiel ao mar de Monte Gordo e ele depois ficava com ciúmes), sim podem dizer que eu sou fraquinha, não há problema nenhum.

Os filhotes parece que cada um trouxe um escaldão de volta, é o que dá estarem a gozar com quem estava de t-shirt, ou com quem leva protector 50 para a praia, ou ignorar os conselhos da mãe quando estavam a ficar vermelhos.

A repetir :)

sábado, julho 04, 2009

Baba do dia - take 13

Depois disto:

E disto:


Surge isto:


Eu sei que eles podem ser só show off, ou que gostam de ser o centro das atenções, e que há uma coisa chamada Photoshop, mas para quem já teve 3 filhos a Victoria tem um óptimo aspecto, também sei que existe outra coisa chamada cirurgia plástica, mas também sei que já moraram em não sei quantos sítios diferentes e lá se continuam a aturar.

Sempre gostei de ver a maneira como aparecem os dois vestidos juntos, acho que são dos casais com mais estilo e acima de tudo acho o anúncio provocante, atraente, original.

Isto sim é marketing. E eu cá não me importava nada de ter sido eu a tirar as fotos.

PS: E depois uma pessoa lembra-se de umas actrizes portuguesas bastante giras que volta e meia fazem anuncios para uma conhecida marca de lingerie e não sei como o resultado final acaba por ser mauzito.

quinta-feira, julho 02, 2009

Há dias de azar

Terça-feira estava no Continente prestes a pagar as compras, quando descubro que o cartão de débito que mais utilizo não estava no sítio habitual (o daquela conta a onde é depositado o ordenado e que uma pessoa utiliza para levantar dinheiro e tal e coisa...), chego a casa procuro em mais 1299 sítios e nada.

A última vez que o tinha utilizado tinha sido numa loja, por sugestão da Délinha (sou tão burra que nem me lembrei de tal coisa) ligo para a loja a perguntar se lá estava (depois de ligar 10x e ninguém me atender e ligar para o centro comercial e me darem mais 2 números de telefone e tentar ligar mais 20x, lá atendem e não, o cartão não tinha lá ficado).

Lá vai a Kris ao banco cancelar o cartão e ouvir "para cancelar e colocar na lista negra são 9,5€" (quê???????), felizmente o senhor deve-se ter enganado e só me descontaram 7.78€.

Ora, como se não bastasse hoje fui a outro banco, peço os código para aceder à net e quando estou em frente ao PC e penso "deixa cá testar o site destes", reparo que perdi os códigos.

Há dias de azar ou estarei a ficar xêxê?

Ou então a minha memória (o Oracle 20i) está ser utilizada para guardar tudo quanto é IPs, números de contas de testes que utilizo e companhias, (até o novo NIB decorei-o em menos de 1 min) e depois não chega para tudo, humf.

PS: para compensar as perdas, cometi uma loucura e dei ordens de compra no PSI-20, a ver vamos como corre.