domingo, março 22, 2009

A viagem de regresso

E foi esta a última foto:


Pronto, cheguei inteira (ao que parece com menos dois kilos, mas isso não interessa nada)!

E Aqui fica o relato do dia de ontem...

- No Aeroporto:

Ora, como não podia deixar de ser, lá tive eu mais outra aventura no aeroporto, parece que afinal só podia levar 20 kg de bagagem, lá voltei eu a abrir a mala, saco da carteira de tiracolo que tinha com o protector solar e mais uma série de porcarias pesadas, peso a mala: 20kg. OK. Pensamento seguinte: "isto não pode ir na bagagem de mão". À frente da tipa que me pesou a mala, volto a por o protector solar e a mala com líquidos com mais de 100ml para dentro da bagagem e a tipa não diz nada e lá seguiu a mala.

- A viagem para Paris:

No voo de 10h para Paris consegui dormir 1h (fantástico, eu que sou aquele tipo de pessoa que me gabava de conseguir dormir em qualquer lado), fiquei com o lugar do meio (ou seja, tinha mesmo que dormir direita pois não me podia encostar a nenhum lado, nem esticar as pernocas, isto porque, apesar de ter feito check in 3h antes do vôo num avião que levava mais de 400 passageiros, só havia 4 lugares livres, todos no meio, grrrrrrrrrr). Deu para voltar a ver o Twilight, numa tentativa desesperada de adormecer, vi o resto do "Rachel getting married" (já tinha tentado ver noutra altura e tinha adormecido), mas nem isso me salvou, vi o filme até ao fim, infelizmente. Tentei ouvir música mas nada, niente, para sorte nenhum dos meus vizinhos dormia, o que me deixou muito mais tranquila, se há coisa que irrita quando não conseguímos dormir é ter alguém ao lado a ressonar (como me aconteceu na ida)

A chegada a Paris:

"Foi um stress": correr dum terminal para outro, passar pelo controle de passaportes (soube bem ser Europeia porque a fila d' "Os Outros" estava maior) isto com a carteira, a mala do portátil, a mala a tiracolo que tinha tirado da bagagem, só pensava "acho que vou perder o vôo mas pelo menos estou em Paris".

No final da correira, cheguei à porta de embarque mesmo a tempo, ufa!

A chegada a Lisboa:

De Paris para Lisboa, vinguei-me ao lugar da janela e dormi o tempo todo (sei que é egoísta da minha parte ficar com a janela para dormir, mas soube-me mesmo bem, ahhhhhhh).

Ao chegar ao aeroporto da Portela há 3 coisas que adoro:

- 1ª constatar que a minha mala não foi perdida (apesar do curto tempo entre os dois vôos e da Air France ser das companhias que mais malas perde e do aeroporto de lisboa ter lá sempre tanta mala perdida (como todos os outros)

- 2ª ver o anúncio da Superbock xpress a dizer "Home Sweet Home", já estava era na altura de o trocarem, da última vez era o mesmo.

- 3ª ter alguém à minha espera :D

- O regresso a Coimbra

Apesar de estar desejosa de conduzir, achei que devido ao facto de ter dormido 3h não era muito boa ideia pegar no carro, soube bem vir com os papás, pôr a conversa em dia e sobretudo falar Português :)

- Lista de TODO's

Já risquei muita coisa, mas esqueci-me de uma muito importante "pôr os sonos em dia", por isso depois escrevo o post a resumir a experiência.

5 comentários:

sartago disse...

Good to have you back :)

Anónimo disse...

Good to have you back... in Coimbra :)

The Wanderer disse...

Brigado pelo souvenir (eu disse que era "S")!!

leonardo disse...

Pequena correcção, as duas companhias aéreas que mais perdem malas são, respectivamente, a British Airways e a TAP.

Kris disse...

Eu disse que era das que mais malas perdia, não disse que era nem a primeira nem a segunda